Post Principal

Quais são os tipos de restauração de dente?

tipos de restauração de dente

Problemas como cárie, desgaste, quebra ou fratura costumam causar desconfortos como dor e sensibilidade. Para tratar, há diferentes tipos de restauração de dente, um dos procedimentos mais realizados em consultórios de todo o país.

Isso mesmo: nem todo mundo sabe, mas restauração não é tudo igual. A começar pela sua finalidade, já que pode reestabelecer tanto as funções quanto a estética do sorriso.

Sendo assim, para entender a melhor opção entre os tipos de restauração de dente, é necessário levar em consideração aspectos como a resistência do material, a durabilidade, a eficiência e a aparência, por exemplo.

O que é uma restauração?

A restauração é um procedimento realizado na coroa do dente, ou seja, na parte que é visível. O objetivo é justamente devolver a forma e a função dos elementos por meio de diferentes materiais.

Ela é feita quando há algum problema no dente, ele está desgastado ou fraturado, por exemplo. Além disso, a restauração é bastante comum após remover uma cárie.

Afinal, depois de retirar a parte do dente afetada, usando ferramentas, é necessário fechar o espaço que sofreu desgaste durante o procedimento.

Isso evita que haja novos problemas, como acúmulo de alimentos e a proliferação de bactérias, que pode levar a uma nova cárie e até a consequências mais sérias, como a periodontite.

Portanto, além de devolver o bem-estar e o conforto ao paciente ao mastigar e falar, os diferentes tipos de restauração de dente ainda mantêm a aparência natural dos dentes. Isso porque há diversos materiais disponíveis.

Entenda quais são os tipos de restauração de dente

Há, basicamente, dois tipos de restauração de dente. A escolha é feita pelo dentista após avaliação do quadro do paciente. Mais à frente, veremos que os materiais também podem variar!

Restauração direta

Esse é o tipo de restauração de dente mais comum. Nesse caso, o material é aplicado diretamente no dente após a remoção da parte afetada.

Tanto na restauração direta quanto na indireta é necessário preparar o dente para receber o material, evitando problemas no futuro. 

Também é importante ficar de olho para saber se a restauração está alta, já que isso pode levar a problemas como traumas e dores. Se for o caso, basta avisar ao dentista para que ele realize o desgaste.

Restauração indireta

Agora, quando a lesão é maior, a restauração precisa ser moldada no dente do paciente para ser feita por um protético ou no próprio consultório. Nesse caso, a aplicação pode não ser no mesmo dia. Portanto, é comum o dentista fazer um curativo no dente.

Então, quando a restauração estiver pronta, o dentista faz a aplicação para devolver a aparência e a função do dente.

Nessa situação, como a restauração não é maleável, é importante que fique do tamanho exato. Ainda assim, é possível fazer pequenos desgastes para ajustar.

Materiais também variam de acordo com os tipos de restauração de dente

Durabilidade, coloração e outros aspectos variam de acordo com o material escolhido para a restauração de dente. Entre os principais, estão:

  • Resina composta, que é o mais comum e também o que apresenta melhor custo-benefício. O material tem boa durabilidade, é resistente e fácil de fixar. Além disso, a coloração pode ser personalizada de acordo com o tom do dente.
  • Porcelana tem custo mais alto, mas qualidade também superior e, o acabamento, mais natural. É uma das melhores opções para restaurações indiretas.
  • Cerômero mistura porcelana e resina, sendo também mais comum em restaurações do tipo indireta. Tem bom resultado estético, sendo uma alternativa mais barata que a porcelana.
  • Amálgama é uma liga metálica bastante resistente, mas que interfere na aparência do sorriso. Também por isso, não vem sendo muito usada.

0 comentário em “Quais são os tipos de restauração de dente?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: