Post Principal

Saliva ajuda na digestão e ainda mantém a boca limpa. Saiba mais

Muita gente se pergunta qual é a função da saliva. Mas mesmo sem saber, e sendo produzida de maneira involuntária, esse líquido ajuda e muito a manter a saúde bucal em dia. Isso sem falar em outros papéis importantes, como a digestão e até a fala.

Basicamente, o líquido rico em mucina se forma durante o repouso pelas glândulas submandibulares e sublinguais. No entanto, sua produção também é estimulada durante a mastigação, o que contribui para o início do processo de digestão.

Dessa maneira, ela lubrifica mucosas e dentes e pode proteger a cavidade bucal ao evitar a proliferação de bactérias ruins. Entenda mais sobre o tema a seguir.

Saliva tem diferentes funções

Quando você sente água na boca é sinal de que está com fome. Mas além de avisar que está na hora de comer, a saliva também tem o papel de:

  • Ajudar na digestão, já que é viscosa para envolver e ajudar a dissolver os alimentos, permitindo a mastigação e a deglutição;
  • Eliminar bactérias da boca, protegendo os dentes ao manter a boca limpa. A saliva tem proteínas boas e substâncias como lisozimas, que removem a sujeira;
  • Evitar o mau hálito, já que ao manter a cavidade bucal limpa e úmida, evita a proliferação de bactérias;
  • Permitir a fala, justamente por umedecer a cavidade bucal. Dessa forma, dá para articular as palavras movimentando a língua.

Falta ou excesso de saliva podem causar problemas

Como vimos, a saliva é muito importante para a saúde bucal. Portanto, a redução na sua produção pode causar problemas como o mau hálito. E apesar de menos comum, o excesso também traz consequências desagradáveis.

Saliva em excesso é mais fácil de tratar

Menos preocupante, o excesso de saliva costuma ser facilmente contornado com medicamentos e terapias. Contudo, casos graves podem precisar de intervenção cirúrgica. 

A lubrificação em excesso, também chamada de sialorréia, é mais comum em crianças que ainda têm dificuldade de deglutição. A condição pode levar à sensação de sufocamento e até ao surgimento de pequenas feridas ao redor da boca, no queixo e no pescoço. Geralmente, são parecidas com dermatite.

Xerostomia é mais comum e tem diferentes causas

Apesar de bastante comum, nem todo mundo sabe o que pode causar a xerostomia, como é chamada a sensação de boca seca.

Contudo, são várias as possibilidades, como é o caso do envelhecimento, já que com o passar do tempo a tendência é que as glândulas salivares atrofiem. Alguns medicamentos também podem deixar a boca seca como os para hipertensão e para depressão.

Isso sem falar em doenças, como diabetes, que podem causar xerostomia. Além disso, a falta de saliva pode ser consequência de hábitos como a ingestão de álcool e o consumo excessivo de café, por exemplo. 

Se você está com pouca saliva, ou não quer correr o risco de ficar com a boca seca, confira essas dicas e não deixe de consultar seu médico e um dentista:

8 dicas para estimular a salivação e evitar boca seca

  1. Coma no máximo de 4 em 4 horas para estimular a salivação.
  2. Insira alimentos cítricos na sua dieta, como laranja, acerola e abacaxi.
  3. Tenha a certeza que está bebendo a quantidade adequada de água para o seu peso, pois a saliva é composta de 99% desse líquido.
  4. Mascar chiclete também pode ajudar a estimular a salivação. Contudo, prefira os que não tenham açúcar.
  5. Outro fator que reduz a quantidade de saliva é o álcool. Portanto, evite sua ingestão ou o uso de produtos e antissépticos bucais com a substância.
  6. Busque controlar o estresse e a ansiedade.
  7. Se tem doenças crônicas, como diabetes, mantenha sob controle fazendo acompanhamento médico e seguindo suas recomendações.
  8. Fique de olho na bula de remédios que você tomar se sentir que a boca está seca. Caso esse seja um dos efeitos colaterais, procure seu médico para entender se é viável trocar a medicação.

0 comentário em “Saliva ajuda na digestão e ainda mantém a boca limpa. Saiba mais

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: