Post Principal

Prótese sobre implante pode ser total ou parcial. Conheça o procedimento

Acidentes e doenças estão entre os principais motivos que levam à perda dos dentes. E uma das maneiras de recuperar a funcionalidade e a beleza do sorriso é por meio da prótese sobre implante. 

Nem todo mundo sabe, mas o procedimento pode ser feito em um ou mais dentes. Dá para fazer até mesmo em todos eles! Porém, a prótese sobre implante leva tempo e custa mais caro do que outras alternativas, como a dentadura ou a ponte. Portanto, o ideal ainda é tomar o máximo de cuidado com a higiene bucal para evitar essa necessidade.

Entretanto, caso você precise de uma prótese, o implante é uma opção que dá mais estabilidade, conforto e ainda é mais natural do que outros procedimentos. Entenda mais sobre o assunto.

O que é prótese sobre implante?

É normal haver confusão, já que estamos falando de dois assuntos diferentes, mas que, nesse caso, são complementares: prótese e implante. Então, vamos esclarecer!

O implante em si é uma espécie de parafuso metálico que substitui a raiz natural do dente. O material dessa peça costuma ser titânio, o que evita problemas como rejeição ou inflamação, pois é considerado biocompatível. Ele é fixado no osso da mandíbula ou do maxilar.

Já a prótese simula a coroa do dente, ou seja, a parte que fica visível. Ela é a responsável por devolver não só as funções como a estética do sorriso. A prótese é moldada de maneira que se pareça com o elemento natural e a tecnologia tem aprimorado ainda mais a técnica, que hoje em dia permite ter dentes bonitos. 

Uma das principais vantagens da prótese sobre implante total é que deixa o céu da boca livre, dando mais conforto e permitindo sentir o gosto dos alimentos mais facilmente. Isso sem falar que dá mais estabilidade, eliminando os incômodos comuns ao mastigar com a prótese móvel ou a ponte, por exemplo. Contudo, a gengiva também não sofre compressão e a durabilidade é alta.

O material pode variar entre porcelana, resina acrílica ou zircônia, por exemplo. E é esse aspecto que determina a quantidade de pinos necessários e também os cuidados que o paciente vai precisar adotar, caso a prótese seja total.

Prótese sobre implante pode ser total ou parcial

É possível ter prótese sobre implante em um ou mais dentes. No primeiro caso, os dentes dos lados não precisam passar por nenhum procedimento, como o desgaste necessário para a colocação de próteses removíveis convencionais.

Contudo, há também o que chamamos de implante total ou dentadura fixa. E são duas as opções para substituir todos os dentes:

  • Prótese protocolo: nesse caso, a fixação é pelo dentista, e só o profissional pode remover. O modelos também é conhecido como prótese total implantosuportada e implantoretida.
  • Prótese overdenture: já nesse caso, o próprio paciente pode remover a prótese, o que facilita a limpeza.

Confira o passo a passo da prótese sobre implante

Para fazer um implante, o dentista avalia a saúde bucal como um todo, e é criterioso no diagnóstico da gengiva e da estrutura óssea, que precisam estar em boas condições para receber a prótese sobre o implante.

Além disso, pessoas que têm doenças crônicas como hipertensão e diabetes podem passar pelo procedimento e ter prótese sobre implante caso o dentista entenda que o problema de saúde está sob controle e haja a liberação médica. Entenda o passo a passo:

  1. Exames. Nessa avaliação, podem ser necessárias imagens a partir de  radiografia panorâmica e tomografia computadorizada, além de exame de sangue.
  2. Cirurgia. É nessa etapa que o dentista fixa o pino de titânio no maxilar ou na mandíbula do paciente. No entanto, o procedimento é simples, no próprio consultório e com anestesia local. Geralmente, o repouso é de apenas 24 horas.
  3. Osseointegração. Essa é a etapa que leva mais tempo e é decisiva para saber se houve sucesso no tratamento. Pode demorar de 4 a 6 meses e, durante esse tempo, o paciente usa uma prótese provisória que permite falar e mastigar normalmente.
  4. Colocação da prótese sobre implante, que pode requerer apenas a remoção de uma parte da gengiva para o encaixe perfeito.

0 comentário em “Prótese sobre implante pode ser total ou parcial. Conheça o procedimento

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: