Post Principal

Panorâmica dental: saiba tudo sobre esse exame importante para diversos procedimentos

É normal ir ao dentista e fazer uma radiografia de um ou mais dentes. No entanto, em alguns casos, pode haver necessidade de realizar uma panorâmica dental, que é um exame mais completo, que mostra inclusive as arcadas superior e inferior em uma só imagem, revelando até mesmo aqueles que não nasceram.

O exame também é conhecido como ortopantomografia ou raio X panorâmico e tem indicação tanto para adultos quanto para crianças. Contudo, no caso de mulheres grávidas, é preciso informar a gestação ao dentista e seguir suas recomendações. Para saber mais sobre a panorâmica dental, acompanhe a leitura.

O que é panorâmica dentária e como ela é feita

Como sugere o nome, a panorâmica dental é uma radiografia de toda a boca. Isso inclui, além de todos os dentes, também a mandíbula e maxilar. No entanto, a imagem gerada é plana, o que quer dizer que em alguns casos pode haver distorção ou problemas de nitidez. 

Hoje em dia, a panorâmica dental digital permite o envio rápido das imagens para um computador. Isso possibilita a edição e o fácil compartilhamento. Além disso, é um procedimento que expõe o paciente a baixos níveis de radiação e polui menos o meio ambiente.

Como funciona a panorâmica dental

A panorâmica é considerada um raio-x extrabucal, ao contrário daquele que o dentista faz em consultório. Isso quer dizer que o equipamento e o filme ficam do lado de fora da boca do paciente.

Para realizar o exame, apoia o queixo, a testa e as laterais do rosto do paciente no aparelho. É preciso apoiar bem a cabeça para a imagem não sair tremida e haver necessidade de refação, aumentando a exposição à radiação. Para manter a boca aberta e evitar a sobreposição de dentes, o paciente usa um bloqueador de mordida.

Então, o aparelho gira em um semicírculo ao redor da face do paciente para registrar a imagem. Ele tem dois lados que se movem em sentidos opostos: o tubo que emite feixes, e a parte que capta o raio-x. 

Portanto, é um procedimento rápido, que dura em média 5 minutos e que não causa dor. Além disso, não requer nenhum preparo. Contudo, o paciente precisa retirar piercings,brincos e outros acessórios metálicos. Também é importante ressaltar que a quantidade de radiação durante o exame é bem pequena e não representa risco à saúde.

Entenda quando a panorâmica dental é ideal

Esse não é um exame corriqueiro. Contudo, o dentista pode pedir uma panorâmica dental para registrar o momento antes do início de um tratamento, ou ao longo dele para verificar sua evolução, por exemplo. 

Além disso, a panorâmica dental é muito útil para planejar o tratamento com aparelho ortodôntico, com prótese, implante ou uma cirurgia bucomaxilofacial, ou ainda quando apenas a radiografia feita em consultório e os exames clínicos não são capazes de fornecer as informações necessárias para identificar problemas como:

  • Na articulação temporomandibular (ATM);
  • Extensão de um trauma;
  • Anomalias;
  • Cistos;
  • Tumores;
  • Fraturas;
  • Dentes inclusos (impactados, ou seja, que não nasceram);
  • Necessidade da extração de dente.

0 comentário em “Panorâmica dental: saiba tudo sobre esse exame importante para diversos procedimentos

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: