Post Principal

O que é e como funciona o tracionamento ortodôntico?

Ter um sorriso bonito e alinhado muitas vezes inclui o uso de aparelho. No entanto, outros procedimentos também podem ser necessários, como é o caso do tracionamento ortodôntico.

Trata-se de uma técnica para colocar o dente incluso no seu devido lugar na arcada. O tracionamento ortodôntico pode ser necessário em qualquer elemento, mas é mais comum em caninos e sisos (terceiros molares), que têm mais chances de não nascerem totalmente ou parcialmente.

Dependendo do local do dente impactado, uma alternativa ao tracionamento ortodôntico é a extração. Essa opção é mais comum no caso do siso, por exemplo. Para entender mais sobre o tema, continue a leitura!

Afinal, o que é o tracionamento ortodôntico

Basicamente, todos os dentes são inclusos antes de nascer. No entanto, pode acontecer de um ou mais não erupcionar, havendo a necessidade do tracionamento ortodôntico.

Portanto, o tracionamento ortodôntico é uma cirurgia simples, seguida do uso de aparelho. Contudo, tem por objetivo alinhar dentes inclusos ou impactados, ou seja, que por algum motivo não nasceram. Isso pode ter diferentes causas, como falta de espaço na arcada dentária ou demora na troca dos dentes de leite, por exemplo.

Entenda como funciona o tracionamento ortodôntico

Como citamos anteriormente, o tracionamento ortodôntico é uma cirurgia simples que expõe o dente incluso. Consiste em retirar a pele que está por cima, e que o dente não conseguiu irromper.

No entanto, se o dente estiver dentro do osso, o dentista pode usar a broca para remover essa camada e deixar o dente totalmente visível.

Depois da sutura – se houver a necessidade -, o dentista cola um bráquete no dente, que ficará preso ao elemento posterior.

Portanto, há a necessidade de uso de aparelho ortodôntico para mover o dente para o seu devido lugar, já que o tracionamento usa força para alinhar o sorriso.

Entretanto, esse é um procedimento que requer técnica e precisa ser realizado por um profissional qualificado. É que, se a força for aplicada de forma incorreta, pode haver prejuízo à saúde bucal, como a reabsorção radicular lateral nos dentes vizinhos, ou ainda a reabsorção cervical externa no dente que foi tracionado.

Não tratar dente incluso pode prejudicar a saúde bucal

Muita gente pode achar que, se um dente não nasceu, não é preciso fazer nada. No entanto, essa é uma anormalidade, que requer alguma intervenção.

Não fazer a extração ou o tracionamento ortodôntico de um dente incluso pode levar à cárie, doença periodontal, cisto e tumores. 

Os dentes vizinhos também podem sofrer prejuízos pela reabsorção óssea das raízes. Isso sem falar em processos infecciosos que podem se desenvolver e prejudicar outras partes do corpo, como o pescoço. Em casos assim, pode haver necessidade de internação hospitalar.

0 comentário em “O que é e como funciona o tracionamento ortodôntico?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: