Post Principal

Microdontia é anomalia que deixa dentes menores que o normal. Entenda

microdontia

No mundo da odontologia, há diversas condições que podem alterar cor, formato e tamanho dos elementos. Esse é o caso da microdontia, em que os dentes são menores do que deveriam.

Ela pode acometer um único dente ou um grupo. No entanto, quando são muito pequenos, eles são chamados de microdonicos ou microdões.

Sofre com essa anomalia e quer entender mais sobre o assunto? Acompanhe as linhas a seguir e descubra ainda como tratar a microdontia.

O que causa a microdontia?

A microdontia é comumente associada a fatores genéticos. Ela também pode acontecer por questões multifatoriais. Contudo, normalmente não é possível identificar as causas.

No entanto, o que se sabe é que a microdontia acontece nos dentes incisivos laterais superiores, que são os que ficam ao lado dos dentes da frente. Também é comum com os terceiros molares (dentes siso).

Os tipos de microdontia

Dependendo de algumas características, essa anomalia nos dentes pode ser classificada como:

  • Microdontia verdadeiramente generalizada: condição rara em que todos os dentes têm aparência menor do que o normal.
  • Microdontia generalizada relativa: quando a pessoa tem um maxilar aumentado, fazendo com que os dentes pareçam pequenos. No entanto, nesse caso os dentes têm tamanho normal. A desproporção com o maxilar é que causa a sensação de que são pequenos.
  • Microdontia localizada: também chamada de pseudo ou focal, é quando apenas um dente é pequeno com relação aos demais.

Entenda como a anomalia pode prejudicar a saúde bucal

Apesar de parecer só uma questão estética, a microdontia pode trazer prejuízos à saúde bucal. A higiene, por exemplo, pode ficar comprometida, levando ao desenvolvimento de cárie, gengivite, entre outros problemas.

Principalmente quando a anomalia não afeta todos os dentes, pode haver problema de oclusão. Isso pode levar a mudanças na fisionomia da pessoa e atrapalhar questões como mastigação, e até mesmo fala e respiração.

Conheça as opções de tratamento

O tratamento para a microdontia envolve diferentes questões, como a quantidade de dentes pequenos, se há ou não problemas de oclusão, e por aí vai.

Portanto, o ideal é procurar um dentista para uma análise clínica e até para realizar exames, como radiografia.

Contudo, para você ter uma ideia, o tratamento ortodôntico pode ser uma das primeiras soluções no caso de má oclusão.

Além disso, há tratamentos estéticos que ajudam a aumentar o tamanho dos dentes, como é o caso de restaurações. 

Dependendo do tamanho e da quantidade de elementos com anomalia, também é possível recorrer a lentes de contato ou facetas de porcelana. Elas são como próteses que cobrem o dente e podem corrigir problemas de tamanho, como na microdontia.

0 comentário em “Microdontia é anomalia que deixa dentes menores que o normal. Entenda

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: