Post Principal

Medo de dentista: 8 dicas para te ajudar a superar

O medo de dentista é mais comum do que se pode imaginar. A odontofobia, como é chamada, impede que muita gente faça visitas regulares ao consultório, seja para prevenção ou para tratamentos que durem mais tempo.

Entretanto, o medo de dentista pode ser extremamente prejudicial para a saúde bucal. É que problemas simples, como a cárie, podem evoluir para doenças sérias, como a periodontite. Além do risco de perder o dente, a doença periodontal ainda pode acarretar em problemas cardiovasculares, caso bactérias caiam na corrente sanguínea.

Portanto, superar o medo dentista vai muito além de manter a estética do sorriso bonito. É uma questão de saúde para a boca e para o corpo. Quem sofre com essa fobia pode enfrentar preconceitos, sem falar que em alguns casos precisa conviver com problemas bucais não tratados, como mau hálito e má oclusão, por exemplo.

Por isso, nas linhas a seguir você vai ver algumas dicas para superar o medo de dentista e voltar a ter um sorriso bonito e saudável. Confira!

1. Para superar o medo de dentista, procure um psicólogo

Nem todo mundo sabe a causa do medo de dentista. Contudo, ela pode ter várias razões, como a lembrança de um tratamento dolorido no passado, histórias de experiências ruins de outras pessoas, ou até o fato de ter presenciado esse tipo de atendimento, ainda que a situação tenha sido com outra pessoa.

Portanto, é importante procurar um profissional que ajude a entender a origem do seu medo de dentista para, então, encontrar maneiras de lidar com esse problema e colocar a saúde bucal em primeiro lugar.

2. Vá ao consultório mesmo sem ter consulta marcada

Habituar-se com o ambiente pode ser uma das maneiras de superar o medo de dentista. Portanto, acompanhe familiares ou amigos durante os seus atendimentos, ou vá presencialmente a uma clínica para marcar a sua consulta.

Assim, você começa a se acostumar com o cheiro, o clima, os sons e outras características próprias de um consultório odontológico que costumam desencadear ansiedade nas pessoas com odontofobia.

3. Encontre um dentista em quem confia

Essa é outra dica importante para quem quer superar o medo de dentista. Sendo assim, peça indicação de pessoas próximas e procure entender se o profissional é paciente e sabe lidar com esse tipo de situação.

4. Tire todas as suas dúvidas com o dentista

Se você acredita ter encontrado um bom profissional, marque uma consulta para tirar dúvidas, conversar com o dentista e deixar que ele faça uma avaliação.

Isso é importante para você se ambientar com o consultório e estreitar os laços de confiança com o profissional. Tente fazer os tratamentos necessários aos poucos, sem pressa, sempre respeitando seus limites.

Contudo, também é importante combinar com o dentista alguns sinais, como levantar a mão quando você quiser que ele pare, por exemplo.

5. Escolha um consultório mais reservado para reduzir o medo de dentista

Alguns consultórios têm apenas divisórias entre as cadeiras, e não há privacidade entre paciente e dentista durante o atendimento. Entretanto, quem tem medo de dentista pode sofrer com constrangimento em diversas situações.

Portanto, certifique-se de marcar uma consulta em um local mais reservado, em que poderá ficar à vontade para falar do seu medo com o dentista.

6. Vá na consulta com uma pessoa de confiança

Ter uma pessoa ao seu lado pode te incentivar a superar o medo de dentista. Sendo assim, leve com você um parente ou amigo que saiba da sua fobia e te apoie a superar. 

7. Medo de dentista é por causa do barulho do motorzinho? Leve fone de ouvido

Aquele som característico de motor é comumente associado ao medo de dentista. Nesse caso, você pode levar para a consulta um fome de ouvido e um equipamento, como celular, para ouvir música durante o atendimento.

8. Providencie uma recompensa a cada passo

Depois de ir a uma consulta, iniciar ou dar seguimento a um tratamento, comemore. Assim, você associa a ida ao dentista a algo positivo, ajudando a perder o medo.

0 comentário em “Medo de dentista: 8 dicas para te ajudar a superar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: