Post Principal

Língua geográfica: ansiedade, diabetes e outras doenças podem ser as causas

Há diversas formas do corpo demonstrar que algo não vai bem, seja por um problema físico ou mental. Uma das alterações que pode acontecer é a língua geográfica por ansiedade.

Essa é uma condição que pode ter relação com diferentes doenças, não só com a ansiedade. A mudança na aparência da língua, no entanto, não traz problemas à saúde bucal. Também vale destacar que a língua geográfica não é contagiosa.

Entenda melhor nas linhas a seguir e saiba o que fazer em casos assim!

Afinal, o que é língua geográfica?

Língua geográfica é o nome dado à aparência com manchas avermelhadas nessa parte do corpo. Esses sinais têm contorno irregular, mas são lisos. Em alguns casos, podem ter bordas esbranquiçadas.

Isso acontece quando as papilas gustativas da língua começam a sumir. No entanto, isso não causa perda do paladar ou outros sintomas, como dor.

Outra característica da língua geográfica é que essas manchas somem e voltam de tempos em tempos. Por isso, a condição também leva o nome de glossite migratória benigna ou eritema migratório.

Língua geográfica e ansiedade podem ter relação

As causas da língua geográfica ainda não são muito bem conhecidas. No entanto, sabe-se que são maiores as chances de desenvolver essa condição quando há casos na família.

Além disso, a língua geográfica, ansiedade e outros fatores emocionais também podem ter relação. Mais sinais de alerta podem ser psoríase, alterações hormonais, como na gravidez, ou ainda alergias e deficiências nutricionais.

Como é o tratamento da língua geográfica?

A língua deve ter aparência rosa e macia. A coloração é semelhante a da gengiva. Pode-se notar algumas ranhuras, além de relevos no dorso lateral, que são as papilas que permitem sentir o gosto dos alimentos. No entanto, ela não deve doer, coçar ou arder, por exemplo.

Quando percebe-se alguma alteração, é importante procurar um dentista. No entanto, algumas pessoas deixam de lado, já que essa é uma condição que não costuma apresentar sintomas além da mudança da aparência da língua. 

Entretanto, também pode haver sintomas como ardência, queimação e até dor. Geralmente, isso acontece durante o consumo de alimentos muito quentes, ácidos ou salgados. Portanto, caso a comida cause algum desconforto, a recomendação é evitar até que a condição melhore.

Se o incômodo for grande, procure um dentista. O profissional pode recomendar produtos, como enxaguante bucal, para alívio dos sintomas.

Contudo, se a língua geográfica for causada pela ansiedade, o ideal é procurar ajuda de um psicólogo ou psiquiatra para cuidar da saúde mental.

A ansiedade e o estresse também podem ser aliviados por meio de ações no dia a dia, como musicoterapia ou a prática de exercícios físicos, por exemplo.

0 comentário em “Língua geográfica: ansiedade, diabetes e outras doenças podem ser as causas

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: