Post Principal

Gengiva coçando: bebê pode ter sintoma no nascimento dos dentes

gengiva coçando bebê

Com a gengiva coçando, bebê ou adulto podem sentir incômodo. Principalmente no primeiro caso, em que eles não sabem o que está acontecendo e nem ao certo como aliviar o sintoma.

E a coceira na gengiva é muito comum em bebês. Afinal, é a partir dos 6 meses que os dentes de leite começam a nascer. Mas o incômodo começa bem antes, lá pelos 3 meses.

Essa também é a chamada fase oral, em que o bebê começa a explorar o mundo pela boca, levando objetos e a mão para a cavidade bucal. Inclusive, essa pode ser uma tentativa dos pequenos coçarem a gengiva.

Além da coceira, nascimento dos dentes pode causar outros sintomas

Os dentes de leite começam a nascer entre 6 meses e 1 ano e vão irrompendo a gengiva um a um, começando pelos da arcada inferior.

Enfim, por volta dos 2 anos, a criança tem a dentição completa para a sua idade. Então, lá pelos 6 anos começa a troca pelos dentes permanentes.

Porém, durante o nascimento dos dentes o bebê pode sentir não só a gengiva coçando, como também apresentar outros sintomas, como:

  • Vermelhidão e irritação na gengiva ou na pele ao redor da boca.
  • Irritabilidade do bebê.
  • Distúrbios gastrointestinais.
  • Febre.

Gengiva do bebê coçando? Veja o que fazer

Na tentativa de coçar a gengiva para os bebês, os pais e responsáveis podem acabar machucando a criança. Afinal, a intensidade dos movimentos pode ser maior do que o necessário.

Sendo assim, para aliviar esse incômodo, o ideal é oferecer um mordedor para a criança. Caso ela não queira, outra opção é um pano úmido com água gelada. 

A temperatura fria também ajuda a controlar a coceira, trazendo alívio para os bebês. Por isso, tem até mordedores com gel dentro, que você pode colocar na geladeira para ficar em uma temperatura agradável para o bebê.

Caso não seja o suficiente, o ideal é consultar o pediatra ou o odontopediatra, que pode indicar alguma receita natural ou algum medicamento que alivie a coceira do bebê. Porém, é importante que você só faça uso dessas substâncias com orientação de um profissional.

Contudo, outro ponto muito importante é o início das visitas ao dentista. O ideal é levar o bebê pela primeira vez quando ele tiver 6 meses e os primeiros dentes começarem a aparecer.

Assim, você garante que está tudo bem com a saúde bucal da criança e ainda pode tirar dúvidas e receber orientações sobre a higiene e, claro, sobre o que fazer quando a gengiva do bebê estiver coçando.

Vale lembrar que existem planos odontológicos infantis, ideais para o acompanhamento periódico sem gastar muito.

0 comentário em “Gengiva coçando: bebê pode ter sintoma no nascimento dos dentes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: