Post Principal

Exodontia: o que é e quais são as etapas?

Ao olhar as coberturas de um convênio odontológico, você pode se deparar com alguns procedimentos com nomes pouco comuns. Um exemplo exemplo é a exodontia, o que é na verdade o termo usado para extração de dente.

Esse é um procedimento necessário em alguns casos específicos, como quando há grande comprometimento do dente. Também é comum precisar aprender o que é exodontia durante o tratamento ortodôntico, já que ela abre espaço na arcada dentária para o alinhamento dos dentes.

Quer entender melhor sobre a exodontia, o que é, quando a extração é indicada e ainda conferir as etapas desse procedimento? Acompanhe a leitura!

O que é exodontia?

A exodontia nada mais é do que a extração de um dente. Contudo, esse é um dos procedimentos mais antigos, que existe mesmo antes da odontologia ser considerada uma ciência.

Isso porque, até o século passado, era comum arrancar um dente permanente quando ele tinha cárie ou estava muito comprometido. A medida drástica era consequência da falta de recursos para recuperar o dente.

No entanto, com o avanço dos tratamentos e da tecnologia, hoje em dia a exodontia é realizada apenas em último caso.

Aliás, o procedimento pode ser feito em qualquer pessoa, desde que esteja com uma boa situação de saúde. Isso inclui grávidas e idosos. As crianças também podem passar pela exodontia, até mesmo do dente de leite, se for o caso.

6 situações em que o procedimento é necessário

Durante a infância, a extração dos dentes de leite acontece como um processo natural, que faz parte do crescimento.

Porém, na fase adulta, alguns fatores podem levar à necessidade da exodontia, o que é comum nas seguintes situações:

1. Tratamento ortodôntico. Quando o ortodontista identifica que não há espaço suficiente na boca para o alinhamento correto de todos os dentes, a exodontia é uma das soluções. Contudo, a primeira escolha costuma ser a extração do dente do siso (terceiro molar).

2. Dente incluso (impactado). Pode acontecer de um dente não nascer. E isso leva a problemas como infecção e até tumor. Por isso, há a necessidade da exodontia.

3. Dente que não nasceu totalmente. Nesse caso, ele fica com uma parte coberta pela gengiva, o que dificulta a limpeza e pode levar a problemas como a cárie.

4. Cárie. Ela, inclusive, pode ser um dos motivos para a exodontia. Contudo, acontece quando o dente já está muito comprometido e não há como recuperar, como no caso da necrose pulpar. Por isso, pode ser necessário optar por um implante ou prótese.

5. Fratura no dente. Em alguns casos, é possível restaurar o dente fraturado. Mas quando o dano é muito extenso, a solução pode ser extrair.

6. Dentes em excesso. Por fim, pode acontecer de uma pessoa nascer com mais dentes que o normal. Também chamamos de supranumerários ou dentes excedentários. Se eles estiverem atrapalhando a função ou estética do sorriso, é necessário extrair.

O passo a passo da exodontia

Além de entender mais sobre a exodontia, o que é e quando é indicada, é importante conhecer as etapas desse procedimento, principalmente se você estiver prestes a passar por ele.

Sendo assim, converse com o seu dentista para entender os motivos da indicação e se inteirar sobre o passo a passo e a recuperação.

Contudo, já podemos adiantar que esse costuma ser um procedimento bastante tranquilo, feito no próprio consultório. Para se ter uma ideia, a duração média é de 30 minutos.

Para extrair um dente, o cirurgião dentista pode pedir alguns exames, como raio-x, principalmente quando o dente está incluso. Depois, os passos costumam ser os seguintes:

  • Limpeza do local da extração.
  • Aplicação de anestesia na região do dente.
  • Uso de alavanca manual para soltar o dente do osso.
  • Uso de ferramentas como fórceps ou boticão na hora de retirar o dente.
  • Sutura, quando necessário.

Nessas etapas, acrescente uma após a anestesia, caso o dente esteja incluso. É que, nessa situação, o dentista precisa usar um bisturi para chegar até o dente. 

0 comentário em “Exodontia: o que é e quais são as etapas?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: