Post Principal

Excesso de saliva na gravidez é normal. Saiba o que fazer

Durante a gestão, o corpo da mulher passa por diversas transformações. Alterações hormonais e físicas fazem com que muitas se perguntem se certos sintomas são normais. Esse é o caso da saliva na gravidez, que tende a acontecer em excesso.

Aliás, a alta produção de saliva pode ser um dos primeiros indícios de gravidez, junto com outros bem comuns, como atraso menstrual e enjôo. Portanto, é bom ficar de olho nos sinais que o corpo dá.

Afinal, porque aumenta a produção de saliva na gravidez?

É muito comum a mulher grávida ter enjôo logo no início da gestação. Acontece mais ou menos a partir da segunda semana e pode durar até três meses. Os responsáveis são os hormônios da gravidez.

Contudo, esse sintoma está associado ao excesso de saliva na gravidez, também chamada de sialorreia. Apesar de não se tratar de nada sério, e que tende a passar sem nenhum tratamento, há maneiras de reduzir essa sensação, como veremos à frente.

É que a saliva, na verdade, tem papel de manter a boca limpa, combatendo bactérias e regulando o pH da região. Além disso, ajuda na mastigação e na deglutição. Sendo assim, seu excesso pode ser incômodo, mas não representa um problema à saúde da mãe ou do bebê.

Saiba o que fazer em caso de excesso de saliva na gravidez

Se você descobriu a gravidez, inclua no pré-natal uma visita ao dentista. É que, nessa fase, os enjôos e os vômitos podem prejudicar a sua saúde bucal. E isso leva até a problemas com o bebê.

Portanto, é muito importante cuidar da higiene bucal durante a gestação, além de realizar os procedimentos necessários, como para tratar cárie ou gengivite.

Sobretudo em caso de excesso de saliva na gravidez, o dentista é o profissional mais adequado para orientar sobre as principais medidas para melhorar o bem-estar da mamãe.

Alguns alimentos, como chá de gengibre e limão, podem ajudar. Contudo, é importante consultar um dentista e o obstetra e seguir todas as recomendações.

0 comentário em “Excesso de saliva na gravidez é normal. Saiba o que fazer

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: