Post Principal

Enxerto de gengiva é perigoso? Descubra

enxerto de gengiva é perigoso

Quando parte do tecido mole se perde, é necessário fazer um procedimento de reconstrução. Entretanto, muita gente se pergunta se enxerto de gengiva é perigoso.

Afinal, esse é um procedimento importante. Isso porque a perda desse tecido traz prejuízos à estética do sorriso. Além disso, aumentam as chances de problemas bucais como a cárie radicular.

Portanto, é fundamental tirar as suas dúvidas para entender se enxerto de gengiva é perigoso, quais são seus prós e contras.

Nas linhas a seguir, tiramos essas dúvidas. Mas, claro, é essencial que você procure um dentista e converse com o profissional sobre o seu caso específico.

Afinal, enxerto de gengiva é perigoso?

Bom, vamos direto ao ponto. Basicamente, qualquer procedimento odontológico envolve riscos. Mas, no caso do enxerto gengival, eles não são muitos e nem graves.

Embora não seja comum, pode acontecer da recessão da gengiva aumentar por causa de uma necrose ou infecção. Esse problema pode acontecer tanto por descuidos durante a cirurgia, quanto no pós-operatório.

Além disso, quem tem a preocupação sobre enxerto de gengiva ser perigoso também precisa entender que pode acontecer a perda do enxerto durante o procedimento. 

Nesse caso, é necessário esperar alguns meses para que o local cicatrize e o dentista possa repetir a cirurgia.

Outros problemas que podem surgir no pós-operatório são dor, sangramento e gengivite. Em caso de desconforto, consulte o dentista.

Como é o enxerto de gengiva?

Essa é uma cirurgia simples, que acontece no consultório, com anestesia local. Basicamente, o dentista retira uma parte de tecido mole da própria boca no paciente para reconstruir a área afetada.

Entretanto, também existe a possibilidade do dentista usar outros tipos de material. Como bissontéticos (que vem de um animal) ou sintéticos.

Depois disso, realiza uma sutura e faz algumas recomendações, como a prescrição de medicamentos para dor e antibióticos. 

Também é possível que ele indique repouso, alimentação pastosa e líquida nos primeiros dias, além de evitar a ingestão de comida quente.

Em 15 dias, o paciente já costuma voltar à sua vida normal, pois é quando começa a cicatrização. Em mais ou menos 45 dias, o procedimento tende a estar totalmente cicatrizado.

0 comentário em “Enxerto de gengiva é perigoso? Descubra

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: