Post Principal

O que causa o envelhecimento precoce dos dentes e como evitar

envelhecimento precoce dos dentes

Com o passar dos anos, não só o nosso corpo muda, como também o sorriso. No entanto, esse processo natural pode ser adiantado por diferentes fatores, levando ao envelhecimento precoce dos dentes.

Essa é uma condição que vem crescendo entre os mais jovens, e pode ter relação com o estilo de vida, como dietas da moda ou mesmo o estresse. 

Entre as consequências estão não só sintomas como sensibilidade, como também a aparência envelhecida. Além de muitas vezes comprometer a saúde bucal, os sinais podem mexer com a autoestima das pessoas e até causar vergonha de sorrir.

Portanto, é importante entender o que é, como surge e como tratar o envelhecimento precoce dos dentes. Acompanhe as linhas a seguir e tire suas dúvidas!

Entenda o que é o envelhecimento precoce dos dentes

O envelhecimento precoce dos dentes é quando eles ganham características que só deveriam aparecer na terceira idade. Essas alterações podem ser fisiológicas e patológicas, e geralmente acontecem por causa dos danos ao esmalte dentário, que é a camada protetora dos dentes.

As fisiológicas incluem fatores como o escurecimento por causa do acúmulo de pigmento dos alimentos e bebidas ingeridos ao longo dos anos. Isso inclui café, refrigerantes, vinho, molho de tomate e por aí vai. Além disso, fumar contribui para o escurecimento dos dentes.

Já as alterações patológicas não têm exatamente uma causa natural, e são as mais comuns quando falamos em envelhecimento precoce dos dentes. Geralmente, são lesões não cariosas que aparecem por causa do apartamento e do ranger de dentes, consequências do bruxismo, por exemplo.

Além disso, também pode causar envelhecimento precoce dos dentes outros tipos de atritos, como os causados durante a mastigação ou a escovação, desde que com força excessiva. 

Isso sem falar na abrasão consequência da ingestão de determinadas substâncias, como bebidas cítricas. Entram para a lista opções como água com limão e isotônicos.

O envelhecimento pode ainda ser causado pelo uso de certos medicamentos ou tratamentos, como quimioterapia e radioterapia.

Prevenção é o melhor caminho para evitar envelhecimento precoce dos dentes

É fundamental se atentar a alguns sinais como hipersensibilidade, alteração na cor e na forma dos dentes, além de dor, que pode se estender para a cabeça e o pescoço.

Ao perceber algo de errado com o sorriso, é importante procurar um dentista. Isso, claro, fica mais fácil quando você tem um plano dental.

O tratamento vai variar de acordo com a causa do problema. No entanto, não existe fórmula mágica para recuperar um dente danificado. Contudo, entre as opções estão restaurações, próteses e clareamento, por exemplo.

Portanto, o mais importante é evitar o envelhecimento precoce dos dentes. Para isso, você precisa visitar um dentista regularmente para conseguir identificar e tratar o problema logo no início. Assim, evita consequências mais graves, como a extração, por exemplo.

No entanto, você não precisa esperar o problema acontecer. Há maneiras de evitar o envelhecimento precoce dos dentes para manter um sorriso sempre bonito e saudável. Aqui vão algumas dicas:

  • Cuide da saúde mental para controlar estresse e ansiedade e evitar o bruxismo.
  • Beba água regularmente para estimular o fluxo salivar e a limpeza da boca.
  • Não mastigue gelo, mordisque tampas de caneta ou outros objetos rígidos.
  • Tenha uma dieta rica em cálcio para fortalecer os dentes.
  • Evite bebidas e alimentos pigmentados em excesso.
  • Não consuma bebida alcoólica em excesso.
  • Visite um dentista regularmente.
  • Mantenha a higiene bucal.
  • Não fume.

0 comentário em “O que causa o envelhecimento precoce dos dentes e como evitar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: