Post Principal

Dia Mundial da Segurança do Paciente: saiba como contribuir

dia mundial da segurança do paciente

O Dia Mundial da Segurança do Paciente é comemorado em 17 de setembro e é uma boa oportunidade para falar sobre os cuidados em clínicas e consultórios de odontologia.

Levando em consideração todo o âmbito da saúde, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que cerca de 134 milhões de situações adversas acontecem todos os anos. Sendo elas resultado da falta de cuidado adequado em hospitais. 

No entanto, os números tendem a ser maiores em países de baixa e média renda. Nesses locais, somam-se 2,6 milhões de óbitos por ano.

Porém, não para por aí! Os números mostram que um em cada quatro atendimentos que acontecem no ambulatório ou na atenção primária causam danos ao paciente.

Contudo, seria possível evitar 80% desses males com a adoção de algumas medidas de segurança.

O que é o Dia Mundial da Segurança do Paciente?

A data surgiu em 2019 pela OMS durante a 72ª Assembleia Mundial de Saúde. Além disso, para representar o Dia Mundial da Segurança do Paciente, a escolha foi pela cor laranja como um dos símbolos.

A criação do Dia Mundial da Segurança do Paciente é um convite à revisão sobre o tema por parte de profissionais da saúde, pesquisadores, professores e, claro, também de pacientes.

Entre os objetivos da criação dessa data estão:

  • Promover ações para prevenir e reduzir danos que podem ser evitados com cuidados com a saúde.
  • Melhorar a compreensão sobre a segurança do paciente.
  • Aumentar o engajamento na segurança da saúde.

Como melhorar a segurança do paciente?

Para entender como é possível contribuir para o Dia Mundial da Segurança do Paciente, o Ministério da Saúde reuniu algumas orientações, que você confere nas linhas a seguir.

Paciente: cuide da sua saúde, faça perguntas e forneça informações corretas sobre seu histórico.

Profissional de saúde: envolva pacientes e parceiros em seus cuidados, reforce o trabalho em equipe, mantenha-se atualizado, crie uma cultura de segurança transparente.

Formulador de políticas: invista na segurança do paciente para gerar economia financeira, salvar vidas e gerar confiança. Torne o tema prioridade nacional.

Pesquisador ou estudante: gere evidências que melhorem a segurança do paciente, incentive a pesquisa sobre o tema e incorpore ele em currículos e cursos.

Associado profissional, de uma organização ou fundação internacional: promova a segurança do paciente, ofereça oportunidades de aprendizado e desenvolvimento.

0 comentário em “Dia Mundial da Segurança do Paciente: saiba como contribuir

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: