Post Principal

Bruxismo crônico: entenda como é o tratamento

bruxismo crônico

O ato de ranger ou apertar os dentes de forma involuntária pode ser cíclico, acontecer de forma pontual, ou ainda ser um caso de bruxismo crônico.

As causas são basicamente as mesmas. Porém, a persistência dos sintomas pode levar a problemas bucais mais sérios, prejudicando a qualidade de vida dos pacientes.

O que é o bruxismo crônico?

Basicamente, o bruxismo pode se manifestar de duas formas: diurno e noturno. No primeiro caso, o paciente tende a apertar os dentes durante o dia, de forma inconsciente.

Já no bruxismo noturno pode haver tanto o apertar quanto o ranger de dentes durante o sono. Esse é o caso mais comum e a pessoa pode levar algum tempo até descobrir o problema.

Afinal, ela não percebe que apresenta os sintomas, pois está dormindo. Contudo, se houver alguém perto, pode alertar sobre o barulho que faz o ranger ou apertar de dentes. Além disso, o próprio paciente pode perceber que há algo errado quando começa a sentir dores.

Quando esses sintomas se manifestam por muito tempo (mais de 6 meses), considera-se um caso de bruxismo crônico.

Tanto o distúrbio passageiro, quanto o bruxismo crônico, costumam estar ligados a problemas psicológicos, como estresse e ansiedade. 

Conheça os sintomas 

Entre as principais consequências do bruxismo estão:

  • Dor na musculatura ao abrir e fechar a boca.
  • Hipertrofia dos músculos.
  • Dor de cabeça constante.
  • Sensibilidade dentária.
  • Retração da gengiva.
  • Desgaste nos dentes.
  • Dor nos dentes.
  • Entre outros.

Entenda como tratar o bruxismo crônico

O primeiro passo para tratar o bruxismo crônico é procurar auxílio psicológico, seja por meio de um psiquiatra ou da psicoterapia.

Isso porque é essencial agir na causa do problema que, como mencionamos, tende a ser emocional.

Além disso, é possível buscar alternativas para aliviar o estresse e a ansiedade. A prática de exercícios físicos é uma boa opção. Mas há outras maneiras, como musicoterapia ou aulas de ioga, por exemplo.

Contudo, o acompanhamento com um dentista também é essencial no tratamento do bruxismo crônico. Isso porque o profissional pode avaliar os danos e indicar as melhores soluções.A placa de bruxismo, por exemplo, pode evitar fraturas nos dentes. Porém, se já houve algum desgaste, o dentista pode fazer uma restauração ou outro procedimento mais adequado.

0 comentário em “Bruxismo crônico: entenda como é o tratamento

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: