Categories: Post Principal

Biofilme lingual é a principal causa de mau hálito. Entenda

Grande parte das pessoas já sabe o que é placa bacteriana e entende que é necessário manter bons hábitos de higiene bucal para ficar longe dela. Mas você já ouviu falar no biofilme lingual?

Sua formação se parece muito com a da placa que se acumula nos dentes, mas acontece em outra importante superfície da cavidade bucal: a língua.

Também chamado de saburra, o biofilme lingual é uma das principais causas de mau hálito. Portanto, você precisa entender mais sobre o assunto para ficar longe desse problema! Acompanhe as linhas a seguir para saber mais.

O que é e como identificar o biofilme lingual

O biofilme lingual consiste no acúmulo de bactérias na língua, restos alimentares, saliva e seus componentes, além de células descamadas. 

A região é propensa ao acúmulo de microrganismos por causa da sua anatomia. Além de ser áspera, apresenta fendas e depressões.

De maneira geral, as bactérias se concentram nessa área porque encontram restos de comida que servem de alimento. Ou seja, uma das maiores causas é a falta de higiene bucal. No entanto, há outros fatores que podem contribuir para o seu surgimento, como:

  • Alimentação desequilibrada, com excesso de comida pastosa ou ausência de fibras.
  • Ingestão de alimentos muito quentes, que causam descamação bucal.
  • Alterações na saliva, seja a falta ou o excesso do fluido.
  • Hábitos como roer as unhas, pontas de caneta ou lápis.
  • Trauma pelo uso de aparelho ortodôntico.
  • Próteses mal adaptadas.

Geralmente, é fácil identificar a saburra. Afinal, ela consiste em uma camada densa, que deixa um aspecto esbranquiçado ou amarelado na língua.

Como evitar o biofilme lingual

Assim como no caso de outros problemas bucais, dá para evitar o biofilme lingual com bons hábitos de higiene bucal.

O principal deles é o uso do limpador de língua. Com esse acessório, é possível “varrer” a sujeira da língua, evitando a formação da saburra. 

Ele precisa ser usado todos os dias e higienizado depois para que não acumule bactérias. Vale lembrar ainda que ele não substitui a escovação e o uso do fio dental, que precisam ser mantidos.

Outro ponto importante é sobre o uso da escova de dente para limpar a língua. O acessório não é o mais adequado, uma vez que foi pensado para a limpeza dos dentes, que é uma superfície lisa. No caso da língua, tem muitas ranhuras e precisa de um material específico para a sua higiene.

W.Dental

Recent Posts

Articulação estalando é sinal de DTM? Saiba o que fazer

A disfunção na articulação temporomandibular (DTM) pode causar diferentes sintomas, que tendem a ser bem…

1 semana ago

Cárie radicular: o que é e como tratar

Você já ouviu falar em cárie radicular? Nem todo mundo sabe, mas a infecção bacteriana,…

1 semana ago

Como surgiu a odontologia no Brasil? Descubra

Assim como outras profissões, a história de como surgiu a odontologia tem muito a ver…

2 semanas ago

Entenda por que odontologia não é medicina

Muita gente se pergunta por que odontologia não é medicina. A questão faz todo o…

2 semanas ago

Saúde bucal do idoso: entenda a importância da odontogeriatria

Estamos vivendo cada vez mais. Com isso, algumas preocupações começam a surgir ou a se…

3 semanas ago

O que é pasta de dente abrasiva?

Escolher o creme dental ideal pode gerar diversas dúvidas. Uma delas é o que é…

3 semanas ago
%%footer%%