Post Principal

Autoestima baixa: 6 atitudes que você pode tomar já

A autoestima baixa é uma condição que pode afetar diretamente o dia a dia das pessoas. Isso sem falar que aumenta as chances de desenvolver quadros de ansiedade e depressão, além de outros distúrbios psicológicos.

Mas quem resolve encarar o problema de frente tem acesso a uma boa diversidade de medidas e tratamentos para se sentir melhor consigo.

Os efeitos são muito positivos. Quem trabalha a autoestima baixa tende a se sentir mais confiante e feliz.

Pensando nisso, separamos pensamentos e atitudes positivas que podem te ajudar. Confira as linhas a seguir.

Passo a passo para combater a autoestima baixa

Cada pessoa reage de um jeito com relação à autoestima baixa. Contudo, isso interfere também na maneira como se deve combater as causas e os sintomas. 

Sendo assim, separamos algumas dicas que podem funcionar para todas as pessoas que sofrem com a autoestima baixa. No entanto, outras ações podem ser importantes, o que varia de caso para caso. 

Por isso, é fundamental que, além de seguir essas sugestões, você também procure um psicólogo ou psiquiatra.

1. Faça exercícios físicos

Mexer o corpo é essencial para manter o bem-estar. A prática de exercícios físicos libera substâncias que geram prazer. E isso faz com que a gente se sinta bem.

Além disso, se a autoestima baixa tiver ligação com questões físicas, como peso corporal acima do ideal, manter uma rotina de exercícios contribui para melhorar a qualidade de vida.

Não é necessário passar horas na academia todos os dias. Você pode encontrar uma atividade que dê prazer como dançar, nadar ou andar de bicicleta, por exemplo.

2. Adote uma alimentação saudável

Uma alimentação balanceada também pode ajudar quem tem autoestima baixa. É que o consumo de determinados alimentos e quantidades exageradas pode agravar a situação e até gerar compulsões.

Sem falar que ingerir alimentos saudáveis ajuda a manter a qualidade do sono, fundamental para descansar e manter o bem-estar.

3. Tenha um hobbie

Atividades que te deem prazer ajudam a superar a autoestima baixa. Escolha um hobbie que você goste e que se saia bem.

Você pode não ser nenhum expert no início, mas aprimore suas habilidades para elevar a autoestima e a confiança.

4. Não se compare com as pessoas

Um dos pontos cruciais para trabalhar a autoestima baixa é evitar fazer comparações com outras pessoas. Não importa se elas são relacionadas ao trabalho, à vida amorosa e outros aspectos da vida.

Contudo, é importante entender que cada indivíduo tem suas particularidades, sua história e um caminho diferente a seguir. Sendo assim, foque em você, nas suas habilidades e necessidades e em como pode fazer para ser cada dia melhor.

5. Cuide do corpo e da saúde bucal

Cuidados com a saúde e com aparência costumam ajudar muito a combater a autoestima baixa. Portanto, faça um check-up médico para entender como anda a sua saúde e não deixe de visitar um dentista regularmente.

Também vale a pena investir em procedimentos estéticos. Lembrando sempre que eles podem ajudar, mas não são a solução para a autoestima baixa. 

Investir em tratamentos odontológicos, por exemplo, pode devolver o conforto para sorrir em público sem ter vergonha. Isso inclui procedimentos como próteses, implantes, mas também o uso de aparelho ortodôntico ou clareamento dentário, por exemplo.

6. Procure ajuda profissional

As dicas anteriores podem ajudar e muito a vencer a autoestima baixa. Mas uma medida essencial nesse sentido é o acompanhamento de um profissional como psicólogo ou psiquiatra.

Não hesite em buscar ajuda especializada para restabelecer sua autoconfiança e superar suas dificuldades.

0 comentário em “Autoestima baixa: 6 atitudes que você pode tomar já

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: