Post Principal

Prótese parcial removível provisória: conheça as opções para o seu tratamento

Perder um dente de uma hora para a outra pode mexer não só com o psicológico, como também afetar funções importantes como a mastigação, a fala e até a respiração. Para oferecer uma reabilitação rápida, uma das alternativas é a prótese parcial removível provisória, também conhecida como PPR provisória.

Geralmente, ela ocupa o lugar do dente perdido ou a parte danificada até que a prótese permanente fique pronta, ou que o tratamento de implante chegue ao fim, por exemplo. Vale lembrar que também existem próteses provisórias que são fixas. Mas, aqui, falaremos apenas das que são provisórias. Aliás, existem diferentes opções de prótese parcial removível, que você confere nas linhas a seguir.

Os principais tipos de prótese parcial removível

Esse tipo de prótese tem a vantagem de poder ser retirada sempre que o paciente desejar. Isso é ótimo, principalmente, para a hora de fazer a higiene bucal, por exemplo. No entanto, remover pode não ser tão simples assim, já que o material pode ser espesso e, a região, muito abrangente. 

Ponte dentária móvel

Geralmente é feita em resina acrílica e, por isso, é mais grossa para ser mais resistente. Por isso, o acabamento pode não fica muito natural. Assim como no modelo definitivo tem um grampo metálico para a retenção no dente.

Ela pode se apoiar no dente ao lado (adjacente) ou no elemento do outro lado da arcada, por exemplo. Além disso, há a opção sem grampo, mas com uma peça (attachments) responsável por fixar a prótese na coroa.

Prótese removível flexível

Algumas pessoas podem sentir incômodo com a ponte provisória. Nesses casos, uma alternativa pode ser a prótese flexível, que também pode ser retirada. Ela é útil, inclusive, para múltiplos dentes. E como não tem estrutura metálica, tende a ser mais confortável para o paciente.

Prótese removível rígida

Também conhecida como “perereca” ou “meia dentadura”, esse tipo de prótese parcial removível provisória é como se fosse uma dentadura, toda em resina. Portanto, ela também cobre parte da gengiva, o que pode incômodo, pois pressiona o tecido mole. Entretanto, também não tem nenhuma peça metálica.

Quais cuidados ter com a prótese parcial removível provisória?

Apesar do caráter temporário, você vai precisar tomar alguns cuidados ao usar a prótese parcial removível provisória. Assim, garante que ela fique inteira, e no lugar, até a colocação do material definitivo. Veja algumas dicas e, claro, siga as recomendações do seu dentista:

  • Evite alimentos muito duros para que a prótese não se solte;
  • Caso ela caia, não tente usar colas caseiras para fixar e procure um dentista o mais rapidamente possível;
  • Entretanto, em alguns casos, o próprio paciente consegue encaixar a prótese novamente sem usar nenhum produto;
  • Lembre-se de que a prótese parcial removível é provisória, ou seja, você precisa voltar ao dentista para colocar o material definitivo. Usar a temporária por muito tempo pode prejudicar, principalmente, a saúde da sua gengiva;
  • A resina é menos resistente e por isso pode perder o brilho e manchar com mais facilidade. Portanto, mantenha a boa higiene bucal e, se quiser evitar amarelamento, evite o excesso de alimentos com corantes, sejam artificiais ou naturais.

0 comentário em “Prótese parcial removível provisória: conheça as opções para o seu tratamento

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: