Post Principal

Cárie pega? Descubra se é possível transmitir esse problema bucal

O beijo é uma demonstração de carinho e afeto. E nada melhor do que curtir esse momento sem preocupações, não é mesmo? Mas se você está na dúvida se cárie pega, e se ela pode ser transmitida pelo beijo, a gente vai te ajudar com a resposta! Confira as linhas a seguir e descubra.

Entenda o que é a cárie

Antes de saber se cárie pega, é importante entender o que ela é. Essa é uma doença infecciosa bastante comum. Contudo, acontece por causa do acúmulo da placa bacteriana na superfície dos dentes. 

Na nossa boca, há diversas bactérias, boas e ruins, e isso é normal. Elas se alimentam de restos de comida que ficam nos dentes, principalmente quando há açúcar. Entretanto, elas também produzem um ácido que afeta os minerais dos dentes, causando a cárie.

Portanto, quando não removido com a escovação, esse biofilme pegajoso e cheio de bactérias evolui para a cárie. Em estágios mais avançados, é possível observar buraquinhos nos dentes, que são consequência da desmineralização causada pela ação das bactérias.

Além disso, caso a cárie não seja tratada, avança para camadas mais profundas do dente e pode causar dor e sensibilidade. Em casos mais graves, a cárie atinge a polpa do dente, dando origem à chamada periodontite, que leva até mesmo à perda do dente se não tratada a tempo e de forma adequada.

O diagnóstico é feito por um dentista, geralmente por meio de exame clínico. No entanto, o profissional pode pedir uma radiografia para verificar com mais precisão a extensão da lesão.

Afinal, cárie pega? Saiba como se prevenir

Muita gente tem curiosidade em saber se cárie pega. Afinal, beijar alguém é um gesto de carinho e geralmente não pensamos no que a troca de saliva pode acarretar.

Contudo, como citamos anteriormente, nossa saliva é repleta de bactérias, boas e ruins, sendo uma das mais comuns a Streptococcus mutans, que causa cárie. Ao beijar alguém, esses microrganismos se trocam e isso pode sim aumentar as chances de desenvolver cárie.

Entretanto, a transmissão desse tipo de bactéria de uma pessoa para a outra não quer dizer que cárie pega. Para que a doença se desenvolva, é preciso que a bactéria se fixe à superfície do dente e comece a agir. Portanto, quando há a boa higiene bucal e os cuidados necessários para evitar e controlar a placa bacteriana, podemos dizer que não é verdade que cárie pega.

4 dicas para prevenir a cárie

Agora que você já sabe que cárie pega só se você descuidar da higiene bucal, veja algumas dicas importantes para se prevenir:

  1. Mantenha a higiene bucal com uma boa escovação após as refeições e o uso do fio dental pelo menos uma vez por dia.
  2. Limpe a língua com a própria escova de dente ou um raspador específico. Muita gente não sabe, mas a cárie pega também através da língua, que pode acumular placa bacteriana, formando uma camada esbranquiçada.
  3. Faça visitas regulares ao dentista para identificar problemas bem no início e realizar a limpeza em consultório, procedimento coberto por planos dentais. Assim, ele remove a placa bacteriana e o tártaro, agindo de forma preventiva contra a cárie.

Cuide da alimentação, evitando o excesso de doces e carboidratos. Além disso, beba água para aumentar o fluxo salivar e manter a boca hidratada. Assim, é possível manter o equilíbrio da acidez da boca.

0 comentário em “Cárie pega? Descubra se é possível transmitir esse problema bucal

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: