Post Principal

Clareamento em consultório é melhor? Entenda como funciona e descubra!

Quem quer ter um sorriso perfeito sabe que ele precisa estar branquinho, não é mesmo? No entanto, o escurecimento dos elementos é um processo natural, com causas como idade, trauma e alimentação, por exemplo. Para melhorar esse aspecto, existem tratamentos como o clareamento em consultório, ou a laser.

Entretanto, outros métodos podem ser aplicados, como o clareamento caseiro, por exemplo. Como há mais de uma forma de ter tons mais claros nos dentes, muita gente pode ficar com dúvidas sobre o tema.

Por isso, preparamos este post para você entender melhor como é o clareamento em consultório e descobrir se é o ideal no seu caso. Ah, e claro: a indicação do melhor método deve sempre partir do dentista. 

Saiba como funciona o clareamento em consultório

Assim como o procedimento caseiro, no clareamento em consultório o princípio ativo para branquear os dentes é o peróxido de hidrogênio ou carbamina. O que muda é a concentração desse gel, que no consultório pode ser mais alta, já que o dentista está de olho para possíveis intercorrências, como aumento da sensibilidade.

Esse gel penetra no esmalte do dente e chega até a dentina, camada mais profunda em que o pigmento se deposita. O produto reage liberando oxigênio, que quebra as moléculas escurecidas, devolvendo a brancura dos seus dentes.

Para potencializar os efeitos do gel, o dentista usa no clareamento em consultório uma luz. Mas antes, claro, ele protege as mucosas para não serem atingidas. Contudo, os resultados podem ser vistos já na primeira sessão. Geralmente, são necessárias até 3 sessões, que duram em média 1 hora.

Quem pode fazer clareamento?

De maneira geral, o clareamento em consultório não é indicado para quem tem problemas na gengiva. Isso inclui inflamações ou sangramento. Além disso, quem tem cárie, grávidas, lactantes e adolescentes também não devem fazer o procedimento.

Quem tem próteses, restaurações e facetas, por exemplo, deve saber que esses elementos não serão clareados. Portanto,  pode ser necessário fazer a substituição por um de cor mais clara.

Afinal, é melhor fazer clareamento em consultório?

A resposta é: depende. Primeiramente, você precisa saber se pode passar por esse procedimento. Para isso, consulte um dentista.

Se ele der seu aval e você puder escolher o tipo de tratamento que vai fazer, saiba que o a laser (consultório) apresenta resultados logo na primeira sessão. No entanto, como o clareamento caseiro tende a ter resultados mais duradouros, em muitos casos o dentista indica a combinação dos dois procedimentos.

Basicamente, ambos funcionam muito bem. Contudo, no caso do clareamento em consultório, não é preciso usar a moldeira durante algumas horas, o que é motivo de desconforto para muita gente.

0 comentário em “Clareamento em consultório é melhor? Entenda como funciona e descubra!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: