Post Principal

Cárie de mamadeira é problema precoce que pode ser evitado. Saiba mais

Nem os bebês estão livres dela! A cárie de mamadeira é um problema que avança rapidamente e pode afetar vários dentes de uma só vez. Nesse caso, a doença infecciosa – causada pela placa bacteriana – atinge dentes de leite que já nasceram ou ainda estão em formação. 

O termo “cárie de mamadeira” se refere ao problema em bebês e crianças ainda em fase de amamentação. Muitas vezes, elas adormecem enquanto mamam, pulando uma parte importante antes do sono: a limpeza da boca.

Entretanto, a cárie de mamadeira pode acontecer não só por causa da amamentação como também pela ingestão de sucos e chás, por exemplo.

Higiene bucal é fundamental para evitar cárie de mamadeira

Assim como para os adultos, a recomendação para prevenir cárie em bebês e crianças é a mesma: manter a boa higiene bucal. 

Portanto, também no caso dos pequenos, o ideal é não ir dormir sem antes fazer a limpeza da boca. Durante a noite, a produção de saliva é reduzida, aumentando as chances da proliferação de bactérias que levam à cárie.

Caso a criança tenha o hábito de dormir durante a amamentação e você não queira acordar, tente fazer a higienização da boca antes dessa última refeição.

Esse problema bucal bastante comum pode ter sinais discretos no início, como manchas brancas e pequenos furinhos. Contudo, seu avanço pode levar à dor e à sensibilidade.

No caso das crianças, o tratamento tende a ser um pouco mais complicado, já que elas costumam ter medo da cadeira do dentista. Portanto, o ideal é manter a higiene bucal dos pequenos em dia para evitar maiores problemas, como a cárie de mamadeira.

Além disso, evite alimentar as crianças de madrugada e restrinja o consumo de açúcar, que favorece o surgimento da cárie. Também é importante manter o acompanhamento com um dentista para identificar problemas logo no início e evitar que eles evoluam.

Aprenda a fazer a higiene bucal de bebês e crianças

Bebês (até 2 anos)

Engana-se quem pensa que a limpeza da boca só deve começar quando nascer o primeiro dentinho. Na verdade, esse hábito deve fazer parte da rotina de pais e responsáveis desde o nascimento.

Nesse caso, é preciso usar uma gaze, algodão ou fralda limpa umedecida com água filtrada ou soro. Então, esfregue delicadamente na gengiva do bebê.

Quando surgirem os primeiros dentes de leite na parte de trás da cavidade bucal, lá para os 18 meses, a escovação pode ser iniciada por pais e responsáveis. Como há a possibilidade da criança engolir o creme dental, a recomendação é usar bem pouquinho, o equivalente a um grão de arroz cru. Opte ainda por uma escova macia, que não dá agredir a gengiva.

Comece a ensinar a criança a cuspir desde cedo, para que não haja problemas futuros quanto à ingestão de flúor. Além disso, tente limitar a higiene bucal a duas vezes por dia.

Crianças (de 2 a 9 anos)

Conforme a idade avança, a criança fica mais independente. Com mais ou menos 6 anos, já pode começar a fazer a higiene bucal sozinha. No entanto, quando ainda não conseguem limpar a boca adequadamente e há riscos de engolir o creme dental, é preciso supervisão de pais e responsáveis.

O uso do fio dental também deve ser introduzido com o auxílio de um adulto. Quanto à quantidade de creme dental, pode aumentar se a criança já conseguir cuspir.

0 comentário em “Cárie de mamadeira é problema precoce que pode ser evitado. Saiba mais

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: