Post Principal

Obturação dói? Saiba tudo sobre o procedimento

Vamos falar sobre um dos procedimentos mais comuns nos consultórios de odontologia? Esse também é um tema bastante pesquisado. É que muita gente quer saber se obturação dói antes de passar pelo tratamento.

Entretanto, antes de descobrir se obturação dói, você precisa saber como funciona esse procedimento. Assim, vai entender melhor o que será feito, e isso pode te ajudar caso esteja com medo. Acompanhe as linhas a seguir.

Entenda como é feita a obturação

A obturação é um procedimento que visa recuperar dentes com cárie ou danificados. Contudo, o procedimento permite devolver aspectos não só estéticos, como também as funções do dente tratado.

Entretanto, somente um dentista pode fazer o diagnóstico, indicar o procedimento e a realizar a obturação em um paciente. Para quem tem plano odontológico, a boa notícia é que o procedimento é coberto. Assim, você evita gastos imprevistos que podem comprometer seu orçamento.

Se você tem curiosidade para saber se obturação dói, é importante conhecer o passo a passo do procedimento. Dessa forma, vai deixar o medo de lado e tratar seu sorriso. Confira:

  1. Anestesia: para quem está com medo e procurando saber se obturação dói, uma opção é a anestesia local que, se indicada pelo dentista, é a primeira etapa do procedimento.
  2. Remoção da área afetada: no caso de cárie, é preciso fazer sua remoção. Para isso, o dentista usa recursos como a broca, um jato abrasivo ou laser, por exemplo. A escolha da ferramenta vai depender do local afetado e da gravidade do quadro.
  3. Limpeza do local: essa é a parte de preparação para a obturação, com a remoção de qualquer resíduo que tenha restado.
  4. Colocação do material da obturação: enfim, é feita a obturação para preencher a cavidade tratada. Ela pode ser de diferentes materiais como resina composta na coloração do dente, ouro, amálgama ou mesmo porcelana. Alguns materiais usados nessa etapa liberam flúor e protegem o dente de novas cáries.
  5. Lavagem e polimento: são as últimas etapas da obturação, para dar brilho e nivelar para que fique confortável quando o paciente falar e mastigar.

Quando é preciso usar curativo?

A obturação temporária, também chamada de curativo, é usada em diferentes situações, antes da aplicação do material da obturação, como:

  • Quando o tratamento é complexo e requer mais de uma consulta, a cavidade é coberta com o material para não ficar exposta;
  • Se o tratamento for de emergência e não houver tempo hábil para finalizar no mesmo dia;
  • Caso a cárie seja profunda, expondo nervosos e vasos durante a obturação;
  • Quando é preciso esperar que o dente se recupere.

Afinal, obturação dói?

Bom, isso vai depender de diferentes fatores, como a sua sensibilidade dentária, o local da cárie e a quantidade de material afetado o dentista vai precisar remover. 

Portanto, nem sempre obturação dói. E, se isso acontecer, é possível recorrer à anestesia. Assim, o paciente tem mais conforto durante o tratamento e só vai sentir mesmo a “picadinha” da agulha com anestésico.

0 comentário em “Obturação dói? Saiba tudo sobre o procedimento

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: