Post Principal

Mau hálito: tratamento caseiro ajuda a tratar sintoma

Quando o assunto é mau hálito, tratamento caseiro como uso de antisséptico bucal pode até ajudar na hora. No entanto, é importante você saber que a halitose costuma ser o sintoma de algum problema bucal que precisa ser identificado por um dentista e cuidado para acabar, definitivamente, com o cheiro ruim na boca e na respiração.

Boa parte das causas de mau hálito é devido a problemas bucais. Porém, pode acontecer de ser consequência de distúrbios no estômago (como refluxo), infecções respiratórias, fumo, ou mesmo o simples fato da higiene bucal não ser adequada, restando resíduos de alimentos que causam mau cheiro.

Aqui, vamos dar algumas dicas de como tirar mau hálito com medidas que você pode adotar em casa referentes à sua saúde e higiene bucal. Confira a seguir.

5 dicas para combater o mau hálito com tratamento caseiro

Como 90% dos casos de mau hálito estão relacionados a problemas bucais, existem alguns hábitos que você pode adotar no dia a dia e que funcionam como tratamento caseiro para mau hálito.

1. Escovação e fio dental são seus melhores amigos!

Quer saber como tirar mau hálito rápido com método caseiro? A dica é antiga, mas ainda é uma das maneiras mais eficientes de evitar a maioria dos problemas bucais: capriche na higiene!

A limpeza precisa ser bem-feita, com uma escova macia e creme dental com flúor. Faça sempre após as refeições e nem pense em dormir sem escovar os dentes! Além disso, é essencial usar fio dental ao menos uma vez por dia.

Assim, você evita o acúmulo da placa bacteriana, responsável por problemas que causam mau hálito, como a gengivite.

2. Sua língua também precisa de limpeza

A placa bacteriana pode se acumular não só nos dentes e abaixo da linha da gengiva, como também na língua. Ela forma a chamada saburra, que é uma camada esbranquiçada na língua, que tem como um dos sintomas a halitose.

Para evitar esse problema, inclua a limpeza da língua na sua rotina de higiene bucal. O ideal é usar um raspador próprio para a região. Contudo, você pode usar a própria escova de dente em casos preventivos.

3. Beba a quantidade adequada de água

Outra causa comum de halitose é a boca seca, conhecida também como xerostomia. Existem diferentes motivos para isso acontecer, mas um fácil de evitar é o baixo consumo de água.

Portanto, certifique-se de que está bebendo a quantidade de água adequada para manter seu corpo hidratado e, assim, não precisar de outro tratamento para mau hálito.

4. Alimentação também ajuda no tratamento de mau hálito

Quando o assunto é mau hálito, tratamento ligado à alimentação pode parecer estranho. No entanto, o que comemos está diretamente relacionado a nossa saúde bucal.

A placa bacteriana, por exemplo, se alimenta do açúcar dos alimentos e usa para produzir ácido que, por sua vez, corrói o esmalte do dente. Sendo assim, o ideal é evitar esse tipo de alimento, além dos industrializados e ricos em carboidratos.

Entretanto, a alimentação também pode ser aliada de quem quer saber o que fazer com mau hálito se o tratamento tiver que ser para baixo fluxo salivar. Nesse caso, o ideal é ingerir mais fibras, que vão ajudar não só nessa tarefa como também na limpeza da boca.

5. Mantenha uma rotina de consultas ao dentista

Por fim, mas não menos importante, para mau hálito, tratamento bom mesmo é aquele indicado pelo seu dentista! Então, mantenha uma rotina de consultas a cada seis meses. Dessa maneira, é possível identificar problemas logo no início e realizar logo os procedimentos mais adequados.

Além disso, o profissional indica produtos certos, como creme dental ou antisséptico mais adequado para o seu caso. Isso sem falar que ele realiza a limpeza em consultório (profilaxia), que consiste na remoção da placa bacteriana e do tártaro. 

Portanto, uma ótima maneira não só de acabar com a halitose (se forem essas as causas), como também de evitar que ela aconteça por causa de problemas bucais.Ah, e planos odontológicos, como os da W.Dental, têm cobertura para profilaxia a cada seis meses. Isso sem falar nas consultas para avaliação e diagnóstico, além de tratamento para mau hálito, que também estão inclusos!

0 comentário em “Mau hálito: tratamento caseiro ajuda a tratar sintoma

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: