Post Principal

Todo dente com cárie precisa de restauração? Entenda

Nossa boca tem uma série de bactérias. E isso é natural. No entanto, quando aquelas que são ruins se acumulam no dente, formam a chamada placa bacteriana, responsável pelo dente com cárie.

A cárie começa, então, a deteriorar a estrutura do dente. Ela penetra o esmalte e, aos poucos, vai atingindo as camadas mais profundas, até chegar à polpa (isso se você deixar que aconteça!).

O tratamento mais comum para um dente com cárie é a restauração. Mas será que existem outras alternativas? Entenda mais sobre o assunto e descubra nas linhas a seguir!

Saiba como identificar um dente com cárie

Para identificar um dente com cárie, é preciso observá-lo. Isso porque o problema começa com uma mancha branca e opaca. Se não tratada, ela evolui para pontinhos marrons, que são os buracos no dente que a cárie forma.

Entre os sintomas mais comuns estão dor e sensibilidade. No entanto, o paciente pode não sentir nenhum incômodo, principalmente quando o dente com cárie só foi afetado em camadas mais superficiais.

Porém, ao perceber algum desses sinais, é importante procurar um dentista para iniciar o tratamento e evitar maiores problemas, como um canal ou até mesmo a extração do dente.

Afinal, todo dente com cárie precisa de restauração?

Como citamos, a restauração é a maneira mais comum de tratar um dente com cárie. É que, ao remover a lesão, o dentista elimina junto a parte do dente afetada. Esse “buraco” precisa ser substituído por materiais como resina composta ou amálgama, por exemplo.

Isso evita que outras bactérias se instalem no local e provoquem mais danos. Portanto, a restauração é um procedimento realizado para devolver a forma e a função do dente. 

Entretanto, quando a cárie está em fase inicial, a restauração pode não ser necessária. Isso acontece especificamente quando a cárie ainda é uma manchinha branca. Nesses casos, o dentista pode orientar sobre a boa escovação e higiene bucal, aliadas ao gel fluoretado, que auxilia no controle da placa bacteriana.

Porém, nem pense em “tratar” um dente com cárie em casa antes de consultar um dentista. Apenas o profissional é capaz de fazer o diagnóstico correto do problema e indicar a melhor solução para cada caso. Ah, e a boa notícia é que o tratamento de dente com cárie é coberto por planos odontológicos!

Açúcar é grande inimigo da saúde bucal

Para evitar ter dente com cárie, a melhor alternativa é cuidar da higiene bucal. Escovar os dentes, usar fio dental e fazer a limpeza em consultório regularmente estão entre as principais medidas para manter a boca sempre saudável.

No entanto, o que muita gente não sabe é que a alimentação também interfere e pode facilitar a proliferação de bactérias. É que esses microrganismos transformam o açúcar dos alimentos em um ácido que desmineraliza o dente e pode prejudicar até mesmo a sua estrutura.

Ou seja, quando você consome muita comida açucarada ou rica em carboidratos, pode estar alimentando uma cárie! Em contrapartida, alguns alimentos são chamados de “detergentes” ajudam a limpar a cavidade bucal, como é o caso da maçã. Portanto, invista em uma alimentação saudável como forma de prevenir problemas bucais.

0 comentário em “Todo dente com cárie precisa de restauração? Entenda

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: