Post Principal

O que é e quando é preciso fazer obturação no dente?

A obturação é um dos procedimentos mais realizados em consultórios. É o terceiro atendimento mais buscado na rede pública, e o segundo na rede particular, de acordo com o Conselho Federal de Odontologia (CFO).

Se você não tem uma obturação, certamente já ouviu falar sobre esse assunto.Afinal, ela é fundamental para devolver a forma e a função de dentes cariados, por exemplo.

Afinal, o que é obturação e por que ela é necessária?

A obturação no dente é um tipo de restauração feita para devolver a aparência e as funções dos dentes, como citamos anteriormente. Ela pode ser recomendada em casos como:

  • Cárie nos dentes;
  • Dentes partidos ou rachados;
  • Dentes desgastados;
  • Bruxismo.

Quando um desses problemas acontece, o dente desgastado ou danificado precisa receber uma restauração. No caso da cárie, é o dentista quem precisa desgastar o dente para remover a área afetada. 

Então, para que o dente não fique com um “buraco”, o profissional faz a obturação com a finalidade de restaurar o local tratado. 

O material usado geralmente é a resina composta, que tem tonalidade próxima a do dente original, deixando o trabalho bastante discreto. No entanto, existem outras possibilidades como a porcelana, a amálgama e até mesmo ouro.

Entenda como é feita uma obturação

Algumas etapas precisam ser contempladas na hora de realizar uma obturação no dente, como:

  1. Anestesia local: a obturação pode ser realizada sem a necessidade de anestesia. No entanto, se a área tratada for extensa, ou o paciente sensível à dor, o profissional pode optar por “adormecer” o local e tornar o procedimento mais confortável.
  2. Remoção de tecidos: essa etapa costuma ser mais aplicada na hora de remover a cárie. Contudo, também pode ser útil para preparar o local que vai receber uma obturação. O processo acaba desgastando o local. Para isso, o dentista usa uma broca e um jato abrasivo. Em alguns casos, pode optar também pelo laser.
  3. Limpeza: agora é a hora de remover todos os resíduos e preparar a cavidade para receber a obturação.
  4. Inclusão da obturação: nessa etapa o dentista coloca o material que vai restaurar o desgaste sofrido pelo dente.
  5. Lavar e polir: por fim, o profissional limpa e realiza um polimento no local. Assim, a área tratada vai ficar brilhante como um dente natural.

Saiba como evitar uma obturação no dente

Para evitar que você precise de uma obturação nos dentes, é preciso ficar atento aos motivos que levam a esse procedimento.

A cárie é um dos mais comuns. Ela é evitada, principalmente, com uma boa higiene bucal. Isso inclui escovar os dentes após as refeições, usar fio dental todos os dias, não abusar de alimentos ricos em açúcar e carboidrato e fazer a limpeza em consultório frequentemente. Ah, esse procedimento tem cobertura dos planos odontológicos!

Além disso, evite roer as unhas ou usar os dentes para abrir embalagens, por exemplo. Isso evita que ele quebre, rache ou fique desgastado. 

E se você tiver bruxismo, precisa tratar o problema! Nesse caso, a solução pode ser multidisciplinar, com a ajuda de um dentista e até mesmo de um psicólogo para ajudar a tratar causas como ansiedade e estresse.

0 comentário em “O que é e quando é preciso fazer obturação no dente?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: