Post Principal

O que causa tártaro nos dentes? Entenda como é formado e como se prevenir

O tártaro é um problema bucal bastante comum e que pode aparecer em pessoas de qualquer idade. Mas você sabe o que causa tártaro nos dentes?

Perceber uma crosta branca ou amarela nos dentes é sinal de que algo não vai bem com a sua saúde bucal. Sendo assim, algumas medidas precisam ser tomadas. Isso porque, se ela se alastrar, aumentam as chances de desenvolver problemas mais sérios como cárie, mau hálito, gengivite e até periodontite, que tem como uma das consequências a perda do dente!

Porém, entender o que causa tártaro nos dentes é essencial para evitar que esse problema volte a aparecer após o tratamento para remoção. Confira mais sobre o assunto a seguir!

Entenda o que causa tártaro nos dentes

Quando a placa bacteriana se acumula e não é removida, a tendência é que se calcifique. Nesse novo estágio, o biofilme transparente e pegajoso se transforma em uma crosta endurecida e amarelada ou esbranquiçada, que é o que chamamos de tártaro.

Portanto, podemos dizer que o que causa tártaro nos dentes é a má higiene bucal. Passar muito tempo sem ir ao dentista também favorece o surgimento de cálculo dental. Isso porque, no consultório, o profissional faz a limpeza em consultório (profilaxia).

Dessa maneira, é possível remover o que causa tártaro nos dentes e muitas outras doenças bucais: a placa bacteriana. Com os instrumentos certos, o dentista faz a limpeza até em locais em que a escova tem difícil acesso.

Apesar da placa bacteriana ser a principal causa do tártaro nos dentes, outros fatores influenciam na formação. Esse é o caso do uso de certos medicamentos e de alterações no fluxo salivar, por exemplo.

Tártaro nos dentes só pode ser removido pelo dentista

Se você percebeu que está com tártaro nos dentes, saiba que não vai adiantar caprichar na escovação ou aumentar os cuidados com a higiene bucal e a alimentação. É que só um dentista é capaz de remover essa crosta da superfície dentária usando instrumentos específicos, já que ela bem rígida.

No consultório, o profissional vai identificar qual é o tipo de tártaro: supragengival ou subgengival. O primeiro caso é o mais comum, em que o problema fica aparente, na superfície dos dentes.

Já o tártaro subgengival, como o nome já sugere, forma-se abaixo da gengiva e é um pouco mais difícil de ser removido, pois exige técnica apurada. Nesse caso, a coloração pode ser um pouco diferente, em um tom esverdeado. Quem já teve problemas na gengiva, como gengivite, tem mais chances de desenvolver esse tipo de tártaro.

Prevenção consiste em bons hábitos de higiene bucal

Quando o assunto é doença bucal, a prevenção é sempre o melhor caminho. Assim, é possível evitar que problemas menores, como a placa bacteriana, evoluam e se tornem mais sérios.

A placa, por exemplo, não é só o que causa tártaro nos dentes, mas também a cárie, a gengivite, a periodontite e o mau hálito, por exemplo. Portanto, ela pode levar a restaurações, tratamentos de canal e, em estágios mais avançados, até mesmo à extração de um dente.

Para prevenir a placa bacteriana, que é o que causa tártaro nos dentes, basta seguir algumas recomendações no dia a dia, como:

  • Escovar os dentes após as refeições

É fundamental realizar a escovação correta após as refeições e antes de dormir. Dessa maneira, você remove os resíduos dos alimentos e evita que as bactérias se alimentem deles e formem a placa bacteriana.

De maneira geral, o recomendado é usar uma escova de dente macia e creme dental com flúor. Para saber se o enxaguante bucal é indicado para o seu caso, consulte um dentista.

Ah, também é importante não esquecer da escovação da língua, pois a placa bacteriana pode se formar no local, levando à chamada saburra. O procedimento pode ser com a própria escova de dente, mas o ideal mesmo é usar um raspador próprio para a língua.

  • Usar fio dental

O fio dental é negligenciado por muita gente. Mas a falta dele também causa tártaro nos dentes, principalmente entre um e outro. Passar o fio pelo menos uma vez por dia pode evitar esse e outros problemas causados pelo acúmulo da placa.

  • Visitar o dentista regularmente

Ao contrário do que se possa pensar, ir ao dentista não deve ser somente em caso de doenças bucais. Fazer visitas regulares é fundamental para a prevenção da formação da placa bacteriana que, como você já sabe, é o que causa tártaro nos dentes, entre outros problemas.

Ir a cada seis meses já costuma ser o suficiente para que o dentista consiga identificar doenças ainda no início e realize tratamentos e procedimentos menos invasivos o possível. Além disso, o profissional realiza a profilaxia, que é a remoção do biofilme e tem cobertura de planos odontológicos.

  • Cuidar da alimentação

Outro ponto que nem todo mundo leva a sério é a alimentação. Ela pode interferir diretamente na sua saúde bucal. É que alimentos açucarados e ricos em carboidratos, como aqueles industrializados, são um prato cheio para as bactérias ruins que habitam em nossa boca se multiplicarem.

Portanto, se você quer evitar tártaro nos dentes e outros problemas bucais, aposte em uma alimentação rica em fibras, que ajudam na limpeza da cavidade bucal e na produção de saliva.

0 comentário em “O que causa tártaro nos dentes? Entenda como é formado e como se prevenir

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: