Post Principal

Dente siso sempre precisa ser extraído? Veja mitos e verdades

O terceiro molar, também chamado de dente siso, é o último a nascer. Isso costuma acontecer na adolescência ou início da vida adulta, entre os 15 e os 21 anos, podendo variar de pessoa para pessoa. Por isso, ele é apelidado de “dente do juízo”. 

No entanto, muitos extraem esse dente mesmo antes dele aparecer. Você sabe por quê? Essa questão está entre os principais mitos e verdades sobre o dente siso, que você confere na lista a seguir!

O dente siso não é mais útil para os humanos

Verdade: esse era um dente bastante útil para os nossos ancestrais. O consumo de alimentos crus e mais endurecidos tornava o dente siso muito importante para triturar a comida e iniciar o processo de digestão. Os homens pré-históricos tinham até um quarto molar, que deixou de existir com a evolução.

No entanto, as mudanças no corpo ao longo dos anos fez com que a arcada diminuísse de tamanho, não comportando mais todos os 32 dentes. Além disso, os hábitos alimentares mudaram muito com o passar do tempo, e o dente siso se tornou obsoleto. 

Sempre é necessário extrair o dente siso

Mito: apesar do dente siso não ter mais utilidade para a alimentação do ser humano, ele não necessariamente precisa ser extraído, pois nasce normalmente. No entanto, em alguns casos essa recomendação é feita pelo cirurgião dentista, como nos exemplos a seguir:

  • Falta de espaço na arcada dentária. Essa indicação geralmente é feita quando o nascimento do dente siso pode atrapalhar tratamentos ortodônticos ou causar problemas de oclusão por falta de espaço na arcada. 
  • Problemas com dente incluso. Quando o dente siso está impactado, ou seja, não nasce, a membrana (saco pericoronário) que o envolve pode desenvolver inflamação na gengiva, tumor ou cisto, sendo necessária a extração.
  • Nascimento parcial. O dente siso pode não sair totalmente, ficando com parte encoberta pela gengiva. Isso dificulta a higiene bucal, aumenta as chances de cárie e pode levar ainda a inflamações como a pericoronarite. 

Ao optar pela extração, é preciso retirar todos 

Mito: você não precisa extrair todos os quatro dentes siso. A indicação pode ser até mesmo remover só um deles. No entanto, costuma ser recomendado retirar pelo menos os dois de um mesmo lado, para evitar problemas na mastigação. Porém, é importante consultar um cirurgião dentista para entender seu caso.

É melhor extrair o siso na adolescência

Verdade: retirar o dente siso antes dele se desevnolver totalmente torna o processo mais simples. Por isso, o ideal é fazer a extração dos 15 aos 20 anos. Além disso, nessa fase da vida a saúde costuma ser mais resistente do que a de pessoas que já passaram dos 40 anos, por exemplo, facilitando a recuperação.

Algumas pessoas nascem sem o dente siso

Verdade: pode acontecer da pessoa não ter a base que dá origem a esse dente. Isso pode acontecer com apenas um deles ou com todos. Contudo, não é uma condição comum.

0 comentário em “Dente siso sempre precisa ser extraído? Veja mitos e verdades

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: