Post Principal

Arcada dentária perfeita existe? Conheça os tipos

Ter a arcada dentária perfeita e sem problemas de oclusão (dentes tortos) é o desejo de muitas pessoas. O que nem todo mundo sabe é que, na verdade, existem diferentes tipos de arcada, e eles podem interferir diretamente na sua saúde bucal e na mastigação.

Mastigar é um ato tão natural que, na maioria das vezes, não prestamos atenção em como acontece a sua mecânica. Porém, nem sempre o movimento está correto, o que pode ser consequência de você não ter uma arcada dentária perfeita.

Não ter arcada dentária perfeita pode prejudicar qualidade de vida

Problemas na articulação temporomandibular, também conhecida como ATM, estão entre os que podem acontecer devido à mastigação incorreta. Ela tem sintomas como dor de cabeça, insônia e dificuldade para mastigar.

Além disso, em uma arcada dentária perfeita, ao fechar a boca, os 32 dentes (em adultos) da arcada superior e inferior se encaixam, com os de cima ficando um pouco à frente.

As consequências de uma mordida errada podem ser sentidas no longo prazo, já que causa dificuldade para mastigar, para falar, para respirar, além de desgastar os dentes.

Conheça diferentes tipos de arcada dentária

  • Mordida aberta: os dentes das arcadas não se tocam quando a boca fecha. Geralmente, isso acontece com os quatro dentes posteriores.

  • Mordida cruzada: ao fechar a boca, os dentes da arcada superior não ficam mais à frente dos da parte inferior.

  • Apinhamento: nesse caso, a arcada é pequena para comportar todos os dentes, fazendo com que eles fiquem sobrepostos.

  • Retrognatismo (ou sobremordida): acontece quando os dentes da arcada superior estão à frente dos da arcada inferior.

  • Prognatismo: é, basicamente, o contrário da sobremordida, com os dentes da arcada inferior mais para frente do que os de cima. Esse problema também é conhecido como mordida cruzada anterior.

  • Desvio da linha mediana: também pode acontecer da linha média da arcada superior não estar alinhada a da inferior.

  • Diastema: esse é um problema que geralmente acontece nos dois dentes da frente. Consiste em um espaço maior do que o normal entre eles, e pode ocorrer também com outros dentes da arcada.

Qual o melhor tratamento para ter uma arcada dentária perfeita?

Para ter uma arcada dentária perfeita, pode ser recomendado o uso de aparelho ortodôntico, móvel ou fixo, ou até cirurgias mais complexas como a ortognática. O diagnóstico e a recomendação do melhor tratamento para cada caso devem ser feitos por um dentista.

Dependendo do tipo de mordida, o tratamento ortodôntico pode requerer o uso de diferentes artifícios como barra transpalatina (no céu da boca) fixa ou removível, e até mesmo o aparelho removível com alças bionator invertida ou de Escheler. 

Alguns planos odontológicos, como os com esse tipo de cobertura na W.Dental, oferecem o tratamento completo para quem almeja uma arcada dentária perfeita.

O importante é consultar um dentista assim que perceber o problema, o que pode evitar maiores complicações à saúde como um todo.

0 comentário em “Arcada dentária perfeita existe? Conheça os tipos

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: