Post Principal

Erosão dentária pode afetar sua saúde bucal. Saiba tudo

Problemas como sensibilidade e mudança na cor dos dentes pode ser um sinal de erosão dentária. Essa doença bucal acontece de forma gradativa e pode se agravar, levando a tratamentos mais invasivos, como canal, e até mesmo à perda do dente!

Mas calma, basta procurar um dentista quando perceber algum dos sintomas que vamos citar mais à frente, e manter as consultas periódicas em dia. Assim, será fácil fácil reverter o quadro e voltar a ter dentes saudáveis! Entenda mais sobre o assunto a seguir.

Afinal, o que é erosão dentária?

Nossos dentes – incluindo os de leite – são formados por diferentes camadas. A mais externa é o esmalte, que serve como uma espécie de proteção para a polpa do dente (dentina). A erosão dentária consiste no desgaste dessa camada, o que pode levar a diversos problemas como a sensibilidade dentária e a maior probabilidade de manchas no dente. 

O que causa esse desgaste é a ação de substâncias ácidas, que diminuem o pH da boca, afetando os dentes no dia a dia. A situação pode se agravar, resultando na erosão dentária. Ela pode acontecer, basicamente, de duas maneiras:

  • Extrínseca: causada por fatores externos como uso de certos medicamentos ou consumo de alimentos e bebidas que alteram o pH da boca, tornando-o mais ácido, como é o caso de refrigerantes e açúcar.

Além disso, esse tipo de erosão pode ser mecânica, causada pela escovação errada dos dentes, seja pelo excesso, pela força aplicada ou pelo uso de escova dura demais.

  • Intrínseca: quando a causa da erosão dentária são os ácidos gástricos formados na boca. Isso costuma acontecer quando há fatores como refluxo gástrico, em que ácidos formados no estômago vão para a boca e alteram o pH. 

A condição está frequentemente associada a distúrbios alimentares como bulimia, uma vez que o vômito também altera a acidez.

Saiba como identificar os sintomas

Para identificar esse problema bucal, o dentista realiza exames clínicos e observa os principais sintomas da erosão dentária, que são, como já citado, a sensibilidade, a coloração dos dentes e mudanças no formato do dente.

No primeiro caso, as dores geralmente acontecem ao ingerir alimentos muito gelados, quentes, doces ou ácidos, como laranja, abacaxi e limão, por exemplo.

Já a coloração dos dentes pode ficar amarelada, que é a cor natural da dentina. Isso sem falar que eles podem ficar translúcidos. Quanto ao formato, pode se tornar arredondado, com bordas quebradiças e aspecto áspero.

Tratamento para a erosão dentária depende das causas

Se você tem algum dos sintomas de erosão dentária, deve procurar um profissional para que o diagnóstico correto seja feito por meio de exames clínicos. Identificada a doença, o dentista parte para a investigação das causas.

Portanto, o tratamento mais adequado vai depender desse fator. É preciso acabar com o problema pela raiz para que ele não volte a acontecer. Isso quer dizer que pode ser necessário consultar outros profissionais, caso a erosão dentária esteja ligada a fatores como distúrbios alimentares ou refluxo, por exemplo.

De maneira geral, durante o tratamento da erosão dentária é importante evitar alimentos e bebidas ácidas como é o caso de refrigerantes, frutas cítricas e vinhos.

Receber orientações do dentista sobre a escovação correta dos dentes também pode ser fundamental para evitar o desgaste do esmalte do dente de forma mecânica.

Os problemas estéticos da erosão em si podem ser tratados por meio de restaurações ou, em casos mais severos, o uso de facetas, coroas ou lentes de contato para solucionar a exposição da dentina.

Em caso de sensibilidade, algumas medidas podem ser tomadas como a aplicação de flúor, uso de laser ou produtos recomendados pelo profissional, como pastas de dente específicas.

0 comentário em “Erosão dentária pode afetar sua saúde bucal. Saiba tudo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: