Post Principal

Melhor plano odontológico: como escolher?

Cuidar da saúde bucal é fundamental para quem quer prevenir doenças e ter um sorriso bonito. E escolher o melhor odontológico pode ajudar nessa tarefa, já que significa ter diversas vantagens como poder contar com o atendimento de dentistas, fazer limpeza com frequência e até cuidar da estética do sorriso.

De acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), só em 2018 quase 400 operadoras de plano dental atuavam no Brasil, contabilizando 24,05 milhões de pacientes. Essa variedade é ótima, pois permite encontrar um plano que atenda perfeitamente as suas necessidades e, claro, que caiba no seu bolso.

Mas com tantas opções, como saber qual o melhor plano odontológico? Apesar de parecer uma tarefa difícil, basta observar alguns pontos das operadoras e dos pacotes oferecidos para escolher aquele que mais combina com você.

Veja 5 dicas para saber qual o melhor plano odontológico do Brasil

1. Coberturas

Para saber qual o melhor plano odontológico para você, observe as coberturas que são oferecidas. A ANS conta com um rol de procedimentos odontológicos que são obrigatórios em todos os planos. 

No entanto, é possível encontrar plano dental que vai além e oferece mais do que o que é exigido pela agência reguladora. Esse é o caso da W.Dental, que inclui em seus planos procedimentos como clareamento dentário, atendimento domiciliar e por videochamada, por exemplo.

Então, antes de escolher o melhor plano odontológico para você, confira a lista de coberturas oferecidas e avalie se elas atendem plenamente as suas necessidades. Em caso de dúvidas, consulte o site da ANS, que permite verificar essa informação.

2. Carência

Assim como acontece com os planos de saúde, os odontológicos também podem ter carência para a realização de determinados procedimentos. Esse período em que o paciente não pode usar o plano é regulamentado pela ANS, que estipula prazos que vão de 24 horas a 180 dias (6 meses) no caso de planos dentais.

O que nem todo mundo sabe é que existe plano odontológico sem carência. Assim, basta fazer a contratação para começar a usar todas as vantagens. Essa pode ser a melhor opção para quem está com algum problema ou doença bucal e precisa tratar o quanto antes.

Portanto, antes de escolher o seu plano, tire todas as suas dúvidas sobre a carência. E se você não quiser esperar para usar os serviços, um exemplo de plano dental com carência zero é a W.Dental, que oferece essa facilidade nos planos individual e familiar com contratação anual, e em todos os pacotes empresariais. Assim, você pode aproveitar todos os benefícios em até 48 horas. 

3. Rede credenciada

Quem procura pelo melhor plano odontológico do Brasil precisa garantir que vai ter atendimento por perto sempre que precisar. Por isso, consulte a rede credenciada antes de fazer a contratação. Saiba quais profissionais e clínicas próximas da sua casa têm cobertura pelo plano.

E se você está sempre viajando, pode ser interessante optar por um plano odontológico com cobertura nacional. No caso da W.Dental, são mais de 17 mil opções de atendimento em todo o país.

4. Atendimento

Ser bem atendido não tem preço. Se tiver alguma dúvida ou precisar resolver algum problema, como contatar a operadora do plano de saúde? Essa é uma informação que você precisa ter antes mesmo de fechar o contrato.

Avalie se as opções de atendimento são ideais para você. Procure saber ainda como é o processo para fazer marcações de consultas e procedimentos, e pegar autorização para tratamentos, por exemplo.

Uma facilidade da W.Dental é que você pode fazer tudo online, através do aplicativo disponível para celulares Android e iOS (iPhone). Além disso, há a opção de atendimento em outros canais como telefone e e-mail.

5. Valor da mensalidade

De nada adianta escolher o melhor plano odontológico do Brasil e, por falta de pagamento, você não puder realizar algum procedimento que precise, por exemplo. Por isso, antes de fazer a contratação é importante reorganizar suas finanças e separar parte do orçamento para o seu plano.

Algumas operadoras oferecem a opção de pagamento mensal ou anual, o que pode facilitar a organização financeira da família. 

Quanto aos valores, entre os melhores planos odontológicos há aqueles que cabem no bolso, com mensalidades a partir de R$ 29,99 e que oferecem coberturas além do exigido pela ANS, como clareamento dentário.

Se você tem um plano empresarial, melhor! A contratação em grupo costuma ter valores ainda mais acessíveis, e o desconto na folha de pagamento é uma facilidade para manter as mensalidades em dia. Na W.Dental, por exemplo, é possível contratar um plano dental empresarial a partir de R$ 15,99 ao mês.

0 comentário em “Melhor plano odontológico: como escolher?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: