Post Principal Saúde Bucal

5 dicas para escolher o melhor creme dental

Que creme dental não é tudo igual você já deve ter percebido. Basta observar a variedade encontrada nas prateleiras de farmácias e supermercados. Inclusive, há diversas opções das mesmas marcas.

De maneira geral, os cremes dentais têm a mesma função básica: potencializar a ação mecânica da escova de dente e prevenir o acúmulo da placa bacteriana, que pode resultar em cárie.

No entanto, existem diversas opções de creme dental: branqueador, sem flúor, para sensibilidade… Assim, escolher o melhor creme dental para você e para a sua família pode não ser exatamente uma tarefa simples. Por isso, reunimos algumas dicas que certamente vão te ajudar!

1. Consulte um dentista

A melhor dica que podemos te dar para escolher o creme dental ideal é consultar um dentista. No consultório, o profissional vai avaliar sua saúde bucal e entender suas necessidades para, então, recomendar os produtos mais adequados.

2. Creme dental precisa ter flúor

Mas também existem dicas que você pode colocar em prática hoje mesmo. Por exemplo, a recomendação do Ministério da Saúde é que o creme dental tenha flúor, até quando usado por crianças. 

No caso dos pequenos, a diferença está na quantidade, que deve ser o equivalente a um grão de arroz cru para crianças que ainda não conseguem cuspir.

O flúor ajuda a prevenir cáries e, ao contrário do que dizem alguns boatos, não faz mal à saúde e nem aos dentes, se usado em quantidades adequadas durante a escovação.

3. Observe a concentração de flúor

Além de escolher um produto com flúor, o Conselho Federal de Odontologia ressalta que a concentração da substância também deve ser observada. Nesse caso, a recomendação é de ao menos 1.000 ppm F (mg F/kg). Essa informação é facilmente encontrada entre os ingredientes descritos na embalagem do creme dental.

4. Creme dental também tem finalidade estética

Muitos cremes dentais contam com substâncias que ajudam a deixar os dentes mais bonitos e brancos. Uma pasta de dente clareadora, por exemplo, pode conter abrasivos como sílica e cálcio.

Esses agentes, junto com o movimento da escova, fazem um polimento nos dentes e podem remover manchas superficiais.

Contudo, é importante consultar um dentista antes de começar a usar esse tipo de produto, já que ele pode ser prejudicial a quem está com problemas como sensibilidade e retração na gengiva, por exemplo.

5. Produto pode ajudar a combater problemas bucais

Quem está com sangramento na gengiva, característico da gengivite, pode usar um creme dental específico para ajudar no combate a esse problema bucal.

Isso porque algumas substâncias podem ser benéficas como coadjuvantes no tratamento, como o fluoreto estanhoso e o zinco. No entanto, a recomendação desse tipo de creme dental deve ser feita por um dentista.

Outro problema bucal que pode ser amenizado com um creme dental específico é a sensibilidade. Nesse caso, o produto é responsável por bloquear as brechas que deixam a raiz do dente exposta, causando dor.

Vale lembrar, no entanto, que a sensibilidade melhora durante o uso do creme dental específico. Portanto, ainda se faz necessário procurar orientação de um dentista, seja do seu plano odontológico ou particular, para realizar um tratamento adequado e com resultados de longo prazo.

0 comentário em “5 dicas para escolher o melhor creme dental

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: