Odontologia

Dentista infantil: entenda a importância e saiba quando procurar

Chamada de odontopediatria, a especialidade cuida do sorriso das crianças e dá as primeiras orientações para os pais e para os pequenos. Mas você sabe qual é o momento certo para procurar um dentista infantil?

Bom, antes de responder a essa pergunta, é bom esclarecer sobre a importância do dentista infantil para a saúde bucal das crianças.

Sendo a infância uma fase muito importante da vida de todos, em que há o desenvolvimento não só do corpo, como também de fatores psicológicos, frequentar um dentista infantil desde cedo pode ser fundamental para que a criança não sinta medo de ir a uma consulta, o que é um comportamento comum nessa fase.

Além disso, o acompanhamento de um dentista infantil pode ser fundamental para identificar e prevenir problemas. O tratamento logo no início pode evitar complicações e traumas nas crianças, por exemplo.

Como o dentista infantil estuda as mesmas técnicas e procedimentos de outras especialidades, pode acompanhar a criança mesmo depois da infância, mantendo a relação de confiança. Até porque, a odontopediatria visa o atendimento de pacientes até os 18 anos.

E esse acompanhamento é mais importante do que se possa imaginar. De acordo com o Levantamento Epidemiológico SB Brasil, 60% das crianças de 5 anos já tiveram cárie.

Mas quando procurar um dentista infantil?

No geral, o recomendado é que a criança vá ao dentista pelo menos uma vez em seu primeiro ano de vida. E quanto mais cedo começar esse acompanhamento, melhor.

Muita gente não sabe, mas um odontopediatra pode ser consultado ainda durante a gestação. Nessa fase, o profissional pode dar orientações importantes sobre a higiene bucal e a alimentação não só do bebê, mas também da mãe..

Os pais também podem optar por levar a criança ao dentista infantil antes do nascimento do primeiro dente, também com o intuito de fazer uma avaliação prévia e receber orientações. 

Já quando começam a aparecer os primeiros dentes, as visitas ao dentista infantil tendem a se tornar mais frequentes. O profissional pode acompanhar a evolução do crescimento dos dentes, dar orientações sobre prevenção de doenças, além de detectar problemas logo no início, caso surjam.

Saiba como cuidar da saúde bucal das crianças

Segundo o Ministério da Saúde, é preciso fazer a higiene bucal dos bebês a cada mamada, usando uma gaze ou fralda de pano umedecida com água limpa. Quando começarem a aparecer os primeiros dentinhos, é a hora de introduzir o hábito da escovação. 

Para isso, é importante ter uma escova específica, que seja pequena e de cerdas macias, voltada para bebês. O creme dental deve ser apropriado para a idade e aplicado em quantidade equivalente a um grão de arroz cru.

Depois que a criança começar a conseguir cuspir o creme dental, é possível aumentar a quantidade, passando para o equivalente a um grão de ervilha.

E de acordo com o Conselho Regional de Odontologia do Paraná (CRO-PR), o fio dental também deve começar a ser usado assim que aparecerem os primeiros dentinhos. Nesse fase inicial, claro, os pais ou responsáveis devem realizar a limpeza bucal do bebê.

Além da higienização adequada, o dentista infantil também pode orientar os responsáveis sobre a dieta do bebê. 

Até os seis meses, a indicação é o aleitamento materno exclusivo. Depois disso, deve-se seguir a recomendação médica, mas sempre evitar produtos ricos em açúcares e que possa favorecer a obesidade infantil e o surgimento de cáries e outros problemas bucais.

%d blogueiros gostam disto: