Gengiva Post Principal Saúde Bucal

Escova de dente para aparelho: saiba como escolher o modelo ideal

O uso de aparelho é cada vez mais comum entre os brasileiros de diferentes idades. E não importa o tipo usado, o fato é que a higiene bucal fica um pouco mais complicada. Por isso, é preciso ter atenção redobrada. Uma importante aliada nessa tarefa pode ser a escova de dente para aparelho.

Existem diferentes modelos no mercado, que podem ser escolhidos de acordo com a necessidade e a preferência de cada um.

Para quem usa alinhadores e aparelhos móveis, no entanto, esse tipo de escova de dente não é necessária, já que esses aparelhos podem ser removidos na hora da higiene.

Agora, a escova de dente para aparelho é fundamental se você usa o modelo do tipo fixo. Isso porque o acúmulo de sujeira e restos de comida pode facilitar o aparecimento de manchas no esmalte, além de cárie, por exemplo.

E fique atento: mesmo tendo cuidado com a higiene bucal e usando a escova de dente para aparelho adequada, ainda é necessário realizar a limpeza em consultório a cada seis meses.

Isso evita diversos problemas, sobretudo os causados pela placa bacteriana, como gengivite. De acordo com levantamento da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), 55,6% dos brasileiros não vai ao dentista nem uma vez ao ano, números que preocupam, principalmente no caso de quem usa aparelho.

Como é a escova de dente para aparelho?

Também chamada de escova ortodôntica, o modelo conhecido como escova de dente para aparelho costuma ter um espaço na parte do meio, entre as cerdas, para facilitar o encaixe dos bráquetes e limpeza correta.

Lembrando que a escova de dente para aparelho deve ser usada somente por quem está em tratamento ortodôntico, já que sua anatomia não faz a limpeza correta no caso de quem não usa aparelho.

Além disso, mantém-se o tempo médio para a troca, mesmo no caso da escova de dente para aparelho: de 3 em 3 meses, ou antes, caso ela esteja desgastada.

Na hora de usar, fique atento à parte mais delicada, que é a que fica entre a gengiva e o aparelho, pois pode ser mais difícil realizar a limpeza.

Escova de dente interdental também pode ser importante aliada

Para quem tem dificuldade de manter os dentes limpos só com a escova de dente para aparelho, um outro modelo, chamada interdental, pode ser usada de maneira complementar.

Essa escova deve ser encaixada entre os bráquetes em um ângulo de 45º em relação à gengiva, seja na arcada superior ou na inferior.

No entanto, diferentemente da escova de dente para aparelho, que requer movimentos contínuos, no caso da escova interdental o ideal é apenas inserir e retirar, tomando cuidado para não fazer muita pressão, o que pode causar ferimentos na gengiva.

Como usar fio dental com aparelho ortodôntico?

Assim como ter uma escova de dente para aparelho e fazer a higienização correta ao longo do dia, o uso do fio dental também é indispensável, principalmente para quem está passando por esse tipo de tratamento.

Ele ajuda a eliminar os resíduos de alimentos que ficam entre os dentes e podem facilitar o surgimento de cáries.

Para quem usa aparelho fixo, pode ser um pouco mais complicado passar o fio dental entre o fio e o dente. Por isso, existem diferentes tipos de passadores de fio dental.

O modelo mais comum é uma espécie de agulha de plástico. Em vez de passar uma linha pela cavidade, é preciso passar o fio dental. 

Então, deve-se encaixar o passador de fio dental entre o fio e o dente e fazer a limpeza normalmente, dente por dente.

0 comentário em “Escova de dente para aparelho: saiba como escolher o modelo ideal

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: