Post Principal Saúde Bucal

Higiene bucal perfeita em 7 passos

A higiene bucal perfeita não tem muito mistério. No entanto, requer alguns cuidados e atenção a aspectos como a troca da escova periodicamente, além da visita ao dentista a cada seis meses.

Esses passos para uma higiene bucal perfeita são negligenciados por muita gente. No entanto, existem outros fatores que influenciam e que são mais comuns, como a escovação e o uso do fio dental, por exemplo.

De acordo com pesquisa do Datafolha, 57% dos brasileiros usam fio dental, sendo que 30% passam mais de uma vez por dia.

Quer saber o que mais é possível fazer para manter uma higiene bucal perfeita? Confira os 7 passos a seguir e nem pense em pular o último!

1. Estabeleça uma rotina de higiene bucal

Você sabia que um simples esquecimento do fio dental ou escovação já pode prejudicar a sua saúde bucal?

Por isso, é importante ter uma rotina que inclua a higiene bucal. Escove os dentes ao acordar e não vá dormir sem fazer a limpeza correta da sua boca, pois isso pode te trazer problemas com a proliferação de bactérias.

Inclua também uma pausa após o almoço para escovar os dentes. Se você trabalha ou estuda, é importante reservar esse tempo para fazer a higiene bucal e retirar os resíduos de alimentos.

2. Monte um kit de higiene bucal

Quem tem o hábito de dormir fora de casa, trabalha, estuda ou passa muito tempo longe precisa ter um kit de higiene bucal sempre à mão.

Você pode encontrar kits já prontos em farmácias e supermercados. Eles costumam conter uma escova de dente, uma pasta e um enxaguante bucal. Tudo em tamanho reduzido para facilitar o transporte.

Além disso, você pode comprar os produtos separadamente. O importante é manter a higiene bucal em dia, mesmo que você esteja fora de casa. Sobretudo se você costuma passar muitas horas longe dos seus itens pessoais.

3. Faça a higiene bucal após as refeições

E, claro, uma dica que não poderia faltar quando o assunto é higiene bucal é a escovação. O recomendado é que ela seja feita sempre após as refeições. Contudo, é muito importante escovar os dentes antes de dormir também.

Apesar dessa parecer uma tarefa simples, muita gente não consegue realizar corretamente. Entre os erros comuns estão a aplicação de muita pressão ou movimentos rápidos demais.

Faça sempre movimentos curtos e suaves. E para uma higiene bucal correta, escolha uma escova com cerdas macias. O ideal é que também tenha cabeça pequena, pois assim vai alcançar todos os dentes.

Quanto à pasta de dente, o ideal é que tenha flúor. Se estiver na dúvida sobre qual escova e creme dental comprar, converse com o seu dentista, pois ele pode indicar os melhores produtos para o seu caso.

Não se esqueça de também escovar a língua. Isso pode ser feito com a própria escova de dente. Contudo, existem modelos de raspadores de língua que ajudam nessa tarefa.

4. Não se esqueça do fio dental!

O fio dental é outro passo da higiene bucal muito importante para manter os dentes e a boca saudável.

Ele é o responsável por eliminar resíduos de alimentos que a escova de dente não é capaz, sobretudo aqueles que ficam entre um dente e outro.

Para o uso correto, pegue cerca de 20 cm de fio dental e enrole as extremidades nos dedos médios, deixando mais ou menos 10 cm.

Usando o polegar e o indicador para apoiar, deslize o fio entre os dentes, fazendo o movimento para cima e para baixo. E não se esqueça de passar o fio ao redor da base de cada dente, fazendo um movimento de “u”.

Ah, também é importante não passar a mesma parte do fio em dois dentes diferentes, pois você pode acabar depositando a sujeira de um no outro, em vez de fazer a higiene bucal.

5. Troque sua escova de dente com frequência

Para manter a higiene bucal, também é fundamental trocar a escova de dente com frequência. O ideal é que isso seja feito a cada três meses. Contudo, pode ocorrer antes, caso as cerdas estejam desgastadas.

No intuito de facilitar essa tarefa, muitos fabricantes deixam uma parte das cerdas de outra cor. Então, fique de olho nesses sinais para trocar sua escova e observe o que vai acontecer primeiro: metade dessa parte colorida sumir ou a escova completar três meses de uso.

6. Cuide da sua alimentação

Entre as ações educativas à população com relação à higiene bucal, o Ministério da Saúde inclui os cuidados com a dieta. E alerta: “a dieta rica em carboidrato, com grande freqüência de ingestão e associada à escovação deficiente, é fator predisponente à cárie dentária”.

Isso porque alimentos ricos em açúcar e carboidratos ajudam na proliferação de bactérias que formam o biofilme, conhecido como placa bacteriana.

Esse é um dos fatores que mais causam problemas bucais, como cárie e gengivite. Portanto, é importante manter uma dieta rica em fibra, que ajuda a evitar a formação da placa bacteriana.

Inclua também na sua dieta outros alimentos, como os ricos em cálcio, para ajudar a fortalecer os dentes.

Frutas, legumes e verduras, no geral, também são muito bem-vindos na sua dieta e podem ajudar a manter a higiene bucal. 

7. Faça visitas regulares ao dentista

Mesmo seguindo todos os passos listados acima, você não deve deixar de ir ao dentista regularmente. Ainda que ache que está tudo bem com a sua saúde e higiene bucal, as visitas devem acontecer pelo menos de seis em seis meses.

Assim, o profissional pode avaliar sua boca e seus dentes, e até identificar algum problema logo no início, facilitando o tratamento.

Além disso, é no consultório que é feita a profilaxia. Essa limpeza mais profunda é capaz de eliminar a placa bacteriana, evitando doenças bucais como a cárie.

Caso você tenha um plano odontológico, informe-se, pois a cobertura desse tipo de limpeza costuma estar inclusa a cada seis meses. E se não tiver acesso a um plano dental, o ideal é realizar consultas particulares, mas nunca deixar o cuidado com a saúde e a higiene bucal de lado!

%d blogueiros gostam disto: