Post Principal Saúde Bucal

Roer unha faz mal ao dente? Descubra 5 prejuízos

Consequência de problemas emocionais, roer unha faz mal não só ao dente, como pode trazer prejuízos ainda mais sérios à saúde. 

O ato de mordiscar unhas das mãos e até dos pés é conhecido por especialistas como onicofagia. De acordo com o Ministério da Saúde, esse é um “hábito compulsivo de origem emocional” ligado a fatores como ansiedade, estresse e nervosismo.

E fica fácil entender por que tanta gente tem esse hábito, mesmo sabendo que roer unha faz mal: segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é um dos países com maior taxa de pessoas ansiosas no mundo, ultrapassando os 9% da população.

Nesse sentido, buscar ajuda profissional pode ser fundamental para quem quer parar de roer as unhas. Tratando-se de um problema emocional, é importante buscar a ajuda de um psicólogo ou psiquiatra, ou ainda optar por atividades que aliviem o estresse e a ansiedade como a prática de esportes e a meditação, por exemplo.

Combater a causa do problema é essencial para chegar a uma solução definitiva ou de longo prazo. Entretanto, roer unha faz mal aos seus dentes e até mesmo a outras partes do corpo. Então, tenha atenção e descubra a seguir como esse hábito pode prejudicar a saúde.

1. Roer unha faz mal por deixar os dentes fracos

Um dos principais prejuízos desse vício é deixar os dentes mais fracos. Isso os torna suscetíveis a pequenas fraturas, que podem prejudicar a estética do sorriso.

Esse desgaste no esmalte dos dentes também aumenta a exposição a bactérias causadoras da cárie.

2. Problemas na mandíbula podem estar associados ao ato de roer unha

Forçar a mandíbula em determinada posição para roer unha faz mal também a essa importante articulação da face.

Sendo assim, quem tem esse hábito aumenta a pré-disposição à disfunção temporomandibular (DTM). Dor e estalos ao mastigar ou roer as unhas são características comuns nesses casos.

3. Roer as unhas também ajuda a desalinhar os dentes

O hábito de roer as unhas pode ainda causar problemas de oclusão provocado pela pressão exercida nos dentes. Se a pessoa rói sempre do mesmo lado, por exemplo, aqueles dentes que estão em contato constante podem entortar, levando à necessidade do uso de aparelho ortodôntico.

E fica o alerta para quem já usou aparelho: roer unha faz mal ao resultado obtido e, caso voltem a aparecer problemas de oclusão, pode ser necessário realizar novo tratamento para realinhar os dentes.

4. Mãos sujas levadas à boca podem causar problemas

Quem rói as unhas também está mais exposto a microrganismos como fungos, bactérias e vírus. Isso porque as mãos são levadas à boca, geralmente, sem que a higiene adequada seja feita antes.

Sendo assim, roer unha faz mal não só à sua saúde bucal, mas a de todo o seu corpo, sobretudo a mandíbula, o estômago e o intestino. Na boca, esses microrganismos podem ser os responsáveis por problemas como doença periodontal e gengivite, por exemplo.

Além disso, vale lembrar que vírus como o da gripe ou o Covid-19 podem estar na mão ou na unha que é levada à boca, dando a chance do desenvolvimento dessas e de outras doenças.

5. Hábito de roer unha faz mal não só à aparência da mão

Você já deve saber que roer as unhas prejudica a boa aparência da mão, já que deixa as unhas mais largas, curtas e, em alguns casos, mais escuras. 

Contudo, em casos mais severos, o hábito pode causar lesões que chegam a ocasionar a perda da unha.

Ainda que não chegue a esse ponto, grande parte das pessoas que rói unha tem algum tipo de lesão ou ferimento por conta do hábito, o que pode ser uma porta para bactérias e fungos, levando a problemas mais sérios não só na mão, como também na boca.

%d blogueiros gostam disto: