Gengiva Post Principal Saúde Bucal

Gengiva inchada pode ter diferentes causas. Entenda

Um dos primeiros sinais da gengiva inchada é a mudança da cor da região. Além de ficar mais avermelhada, essa parte da mucosa pode ficar aumentada, sangrar, doer e até causar mau hálito. Mas quais serão as causas e tratamentos desse problema?

Bom, existem alguns fatores que podem levar ao inchaço da gengiva. O principal deles é a gengivite. O incômodo também pode ser causado por outros problemas mas, no geral, estão relacionados à gengivite, como você confere a seguir.

Conheça os principais motivos para a gengiva inchada

Gengivite ou periodontite

Como citamos, entre as principais causas da gengiva inchada está a gengivite. Essa doença consiste na inflamação do tecido mole que envolve o dente, sobretudo, por causa do acúmulo da placa bacteriana (biofilme) na região.

A gengivite é muito comum. Segundo a Organização Mundial de Saúde, 90% das pessoas têm o problema, que pode causar dor e sangramento.

Entretanto, a gengivite pode evoluir para a periodontite, que é mais grave. Nesse caso, se não tratada a tempo, a doença pode levar à perda do tecido e do osso que dão sustentação ao dente, podendo culminar em uma extração.

Aftas 

O que também pode deixar a gengiva inchada é uma afta. É fácil identificar se é o caso, já que ela costuma ser uma inflamação arredondada, esbranquiçada por dentro e avermelhada por fora. 

Feridas

Um acidente ou a mastigação de algum alimento duro pode deixar a gengiva inchada e inflamada. A depender da gravidade da situação, a recuperação tende a ser rápida, bastando uma boa higienização no local para evitar maiores problemas.

Próteses ou pontes mal posicionadas

A gengiva também pode ficar inchada caso uma prótese ou ponte não esteja bem encaixada. Isso leva ao acúmulo de sujeira que, por sua vez, deixa a gengiva inchada e sensível.

Dentes nascendo

Quando um dente está nascendo, a gengiva fica irregular e pode haver espaço para o acúmulo de restos de alimentos e líquidos, levando à inflamação.

Quimioterapia

Quem precisa passar por quimioterapia pode notar a gengiva sangrando em alguns momentos. Isso porque o tratamento contra o câncer tem como efeito colateral inchaço, dor, sangramento e até aftas na mucosa da boca.

Hormônios e medicamentos

Em algumas fases da vida, também é possível notar a gengiva inchada e mais sensível. Isso acontece por causa dos hormônios desregulados, como na puberdade, na menopausa e durante a gravidez, por exemplo.

Também existem medicamentos que aumentam as chances de ter gengiva inchada, como alguns anticoncepcionais e o uso prolongado de antibióticos.

Deficiência de nutrientes

A gengiva inchada pode ainda ter como causa a falta de vitamina C e de niacina. Embora sejam quadros mais raros, podem levar a hemorragias que, por sua vez, dão espaço para inflamações.

Como tratar a gengiva inchada?

Se você notou que está com a gengiva inchada, o ideal é procurar um dentista o mais rapidamente possível. A agilidade no autoexame e na busca por um atendimento especializado pode ser fundamental para evitar problemas ainda maiores, como a periodontite.

O tratamento da gengiva inchada, no entanto, vai depender do diagnóstico do dentista. No caso da gengivite, a profilaxia (limpeza) pode ser o suficiente para eliminar o problema.

Entretanto, dependendo da causa da gengiva inchada, o dentista pode recomendar o uso de medicamentos, orientar sobre as melhores práticas de higiene bucal e estilo de vida, ou mesmo partir para um tratamento multidisciplinar, caso seja um problema hormonal, por exemplo.

Para que o acompanhamento com o dentista seja mais eficiente, o ideal é ter um plano odontológico, que te dê direito a diversas visitas e procedimentos a um valor bem mais acessível do que se precisasse pagar por cada um desses serviços.

%d blogueiros gostam disto: