Problemas Bucais Saúde Bucal

Dor de dente: 8 possíveis causas

@Shutterstock

Você provavelmente já sentiu dor de dente em algum momento da vida. Ela significa que algo não vai bem com a sua saúde bucal. Por isso, é um sinal de alerta para que procure um dentista para entender o que está acontecendo.

A ida ao consultório odontológico é fundamental, pois a dor dente pode ter diversas causas. Portanto, é preciso seguir o tratamento indicado por um profissional em vez de tentar sanar o incômodo com produtos, remédios ou tratamentos caseiros.

De maneira geral, uma dor de dente pode ser tratada sem maiores problemas. Contudo, ela pode evoluir e precisar de procedimentos mais sérios, como o canal, que é indicado quando a cárie atinge a parte interna do dente (polpa).

Mas essa é só uma das causas de dor de dente. Conheça a seguir algumas das mais comuns, saiba como prevenir e quando procurar um dentista.

1. Cárie é a maior causa de dor de dente

A cárie é uma bactéria que se aloja no dente e prejudica sua estrutura. Quando está bem no início, não costuma causar dores. No entanto, sua evolução para dentro do dente pode levar a um tratamento de canal.

Se ainda estiver em estágio inicial, a cárie é removida, é feita uma limpeza e desinfecção do local para que uma restauração do dente afetado seja feita. Em estágios mais avançados, é necessário um canal.

2. Dente quebrado é mais uma causa comum de dor

A dor de dente também é comumente associada a uma quebra. Independentemente da causa do acidente, é necessário procurar um dentista o mais rapidamente possível para que seja feita uma restauração ou apresentada a solução mais adequada, de acordo com a gravidade do problema.

3. Abscesso dental deve ser tratado rapidamente

Outra causa de dor de dente pode ser um abscesso. Nesse caso, é preciso “correr” para o dentista para tratar o acúmulo de pus devido a uma infecção. Contudo, nem sempre esse pus está visível, já que pode acontecer na ponta da raiz dentária.

O abscesso dental pode causar, além de dor, mau hálito e febre, e pode requerer até mesmo o uso de antibióticos antes de um tratamento dentário. Além disso, em alguns casos, o dente precisa ser extraído.

Contudo, outra opção de tratamento pode ser a drenagem dessa inflamação. O procedimento mais adequado deve ser indicado por um especialista, que vai avaliar a gravidade da situação.

4. Sensibilidade no dente também é frequente causa de dor

A sensibilidade no dente pode ter diversas causas como abrasão do esmalte do dente, uso de produtos inadequados ou atrito da arcada, por exemplo.

Essa hipersensibilidade é bastante comum, principalmente ao ingerir alimentos quentes, gelados ou doces. Contudo, antes de começar um tratamento, é necessário procurar um dentista para ter certeza sobre a causa dessa dor de dente.

Caso seja mesmo a sensibilidade, podem ser recomendados cremes dentais apropriados, a aplicação de produtos no consultório, ou mesmo outras alternativas que condizem com a causa do problema.

5. Bruxismo também leva à dor de dente

O bruxismo é uma desordem que causa o ranger ou apertar dos dentes, geralmente durante a noite. Esse processo leva à sensibilidade e à dor de dente.

Para tratar, o mais recomendado é o uso de uma placa própria para o bruxismo, que evita que os dentes encostem uns nos outros. No entanto, também é necessário investigar as causas do problema, que podem estar relacionadas ao psicológico, como ansiedade.

6. Problemas na mordida causam dor e podem ser resolvidas com aparelho

A dor de dente pode ainda ser causada por problemas na mastigação, como a mordida cruzada. Nesse caso, o mais indicado costuma ser o uso de um aparelho ortodôntico para corrigir a arcada dentária.

7. Gengivite causa dor de dente e pode ser facilmente evitada

O acúmulo da placa bacteriana nos dentes pode levar à gengivite, que é a inflamação da gengiva. O problema pode resultar em tártaro e, claro, dor de dente.

O ideal é manter a higiene para evitar o aparecimento da placa bacteriana e de suas possíveis complicações. No entanto, se você já estiver com gengivite, o recomendado é procurar um dentista para fazer uma limpeza em consultório, e seguir as indicações de uso de produtos específicos para tratar o problema.

No entanto, outros fatores podem favorecer o aparecimento de bactérias, levando à gengivite. Esse é o caso de disfunção em vitaminas, tabagismo, diabetes, puberdade ou menopausa, por exemplo.

8. Fluorose, ou excesso de flúor, também pode causar dor

Manchas nos dentes podem ser sinal de fluorose, como é conhecido o excesso de flúor nos dentes. Muita gente pode não saber, mas esse problema pode causar dor de dente. O tratamento costuma ser feito por meio de microabrasão no consultório.

Como evitar dor de dente?

O primeiro passo para evitar dor de dente é mantendo a higiene bucal. Escovar de duas a três vezes ao dia, usar fio dental e fazer visitas regulares ao dentista para uma limpeza mais profunda são algumas das maneiras de não ter problemas, ou identificá-los bem no início.

Além disso, tome cuidado na hora da escovação. Use uma escova com cerdas macias e não faça muita força para não deteriorar o esmalte.

Para evitar quebras ou outros danos, não consuma alimentos duros ou crocantes e nem force seus dentes de outras maneiras.

Já se você tem bruxismo, por exemplo, o ideal é usar regularmente a placa para evitar o ranger dos dentes, que pode causar dores. Além disso, procure tratar a causa do problema.

0 comentário em “Dor de dente: 8 possíveis causas

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: